Bolsa Família: confira tudo sobre o benefício

Bolsa Família: confira tudo sobre o benefício

Alerta malha fina e exclusão em fevereiro: Como não perder o pagamento do Bolsa Família com apenas 3 passos

Alerta para beneficarios do Bolsa Familia (Foto: Reprodução, Montagem- TV Foco)
Alerta para beneficarios do Bolsa Familia (Foto: Reprodução, Montagem- TV Foco)

Governo realiza pente fino e corta benefícios de vários brasileiros; Confira como não perder seu Bolsa Família

O Programa Bolsa Família é um programa federal de transferência direta e indireta de renda que integra benefícios de assistência social, saúde, educação e emprego, destinado às famílias em situação de pobreza. Contudo, muitas famílias tem perdidos esse benefícios e alguns outras podem perder.
Segundo o jornal Exame, em um ano, 1,7 milhão de famílias unipessoais, isto é, compostas por apenas uma pessoa, foram retiradas da lista de beneficiários do Bolsa Família. O governo Lula faz, desde o início da sua gestão, uma revisão realizada no Cadastro Único, base de dados utilizada para o pagamento dos benefícios sociais do governo.
Bolsa Família (Foto: Reprodução - FreePick, Montagem - TV Foco)
Bolsa Família (Foto: Reprodução – FreePick, Montagem – TV Foco)

O benefício mudou de nome durante o governo Jair Bolsonaro, quando se chamava Auxílio Brasil, mas voltou ao seu nome original, Bolsa Família, no governo Lula. Além disso, o governo remodelou os critérios para a distribuição do programa. Durante o governo Bolsonaro, o número de famílias unipessoais disparou, indo de 2,2 milhões no final de 2021 para para 5,8 milhões no início de 2023.

Mas em recente nota, de acordo com o portal Agencia Brasil, 7 milhões de famílias devem atualizar CadÚnico para poderem continuar recebendo o Bolsa Família.

Dados no Cadastro Único

Na última segunda-feira (5), o Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS) divulgou que aproximadamente 7 milhões de famílias, incluindo aquelas que são e não são beneficiárias do Programa Bolsa Família, devem realizar a atualização de seus dados no Cadastro Único para Programas Sociais do governo federal, conhecido como CadÚnico. Essa ação faz parte do processo contínuo de Qualificação Cadastral, que abrange dois procedimentos: Averiguação Cadastral (AVE24) e Revisão Cadastral (REV24), conforme legislação vigente.

Os dados cadastrais devem estar atualizados para refletir fielmente a situação das famílias em situação de vulnerabilidade, de modo a serem utilizados na formulação, implementação, monitoramento e avaliação de políticas públicas. Além disso, as atualizações visam prevenir fraudes no recebimento de benefícios e facilitar o acesso a qualquer um dos 36 programas federais que utilizam os dados do CadÚnico para a inclusão de beneficiários.

Homem segurando cartão e dinheiro do Bolsa Família (Foto: Reprodução, Pronatec)
Homem segurando cartão e dinheiro do Bolsa Família (Foto: Reprodução, Pronatec)

O que é preciso fazer?

As famílias registradas no Cadastro Único, identificadas durante a Ação de Qualificação Cadastral de 2024, estão sendo informadas por meio de mensagens no aplicativo do Cadastro Único, disponível para smartphones nos sistemas Android e IOS, além de serem notificadas pela internet. Adicionalmente, as famílias beneficiárias do Bolsa Família estão recebendo mensagens nos aplicativos do programa, no Caixa Tem e no extrato de pagamento dos benefícios.

Veja também

As famílias que são beneficiárias da Tarifa Social de Energia Elétrica também podem receber comunicações por meio de mensagens incluídas nas faturas de energia elétrica.

Após receber a notificação, os responsáveis pelas famílias devem dirigir-se pessoalmente ao Cras em sua cidade. Ou ao departamento da prefeitura responsável pela gestão municipal do Cadastro Único, para atualizar as informações do núcleo familiar.

O Cadastro único é um excelente aliado para conseguir benefícios de programas sociais (Foto Reprodução/Internet)
O Cadastro único é um excelente aliado para conseguir benefícios de programas sociais (Foto Reprodução/Internet)

O Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) disponibiliza um site para que o cidadão encontre o Cras mais próximo.

Como atualizar Cadastro Único?

A atualização pode ser feita em casa diretamente pelo celular, basta ter conexão com a internet e armazenamento interno suficiente para baixar o aplicativo indicado.

  • Baixe o app: Procure pela loja de apps do seu celular e clique na mesma para abri-la. Em seguida, selecione a barra de busca, digite “Cadastro Único” e procure pelo aplicativo. Ao encontrá-lo, selecione a opção “Instalar”.
  • Abra o app: Na área de trabalho do seu celular, encontre o aplicativo e selecione-o para abri-lo. Clique na opção “Entrar com gov.br”, e insira seu CPF e senha da conta do Governo.
  • Atualize o cadastro: Uma vez que a sua conta for acessada, uma série de botões estarão disponíveis. Procure por aquele que diz “Atualização cadastral por confirmação” e siga o passo a passo que o aplicativo informar. Ao fim, confira se todas as informações inseridas estão corretas e salve-as.

Muitas pessoas não são digitalmente inclusas e, por isso, podem não conseguir realizar esta atualização. Também pode ocorrer de os beneficiários não terem acesso à internet ou de estarem com eletrônicos danificados.

Contudo, neste caso, é indicado comparecer presencialmente na unidade do CRAS mais perto de você ou a um posto de atendimento do CadÚnico.

🚨 Casa de Vidro no BBB24? + Fãs de Davi pedem a expulsão de Yasmin Brunet + Jojo recebe convite de Bolsonaro 

NOS SIGA NO INSTAGRAM

Logo do TvFoco

TV FOCO

📺 Tudo sobre TV e Famosos que você precisa saber.

@tvfocooficial

SEGUIR AGORA