Celebridades

Celebridades

Fora dos holofotes mas envolvida em processos contra Glória Perez, veja por onde anda Paula Thomaz, assassina de Daniella Perez

Como vive Paula Thomaz, uma das assassinas de Daniella PerezComo vive Paula Thomaz, uma das assassinas de Daniella Perez

+Emanuelle Araújo humilha paparazzo em praça pública e rapaz faz triste desabafo na TV: “Situação vexaminosa” 

+Datena abre programa com notícia sobre Catia Fonseca: “Estava lendo que a Globo queria levar ela” 

Longe dos holofotes, sobrenome diferente mas com vínculos judiciais com Glória Perez, Paula Thomaz busca ser esquecida pelo assassinato de Daniella Perez

Paula Thomaz também foi condenada pelo assassinato de Daniella Perez, a ex esposa de Guilherme de Pádua ajudou o então marido a armar a emboscada e a assassinar a filha de Glória Perez.

30 anos após o assassinato que chocou o Brasil, os dois levam vidas totalmente diferentes e Paula Thomaz quer ter sua identidade desvinculada do assassinato que cometeu em 1992.

Hoje em dia Paula tem 48 anos, é casada, se formou e vive com seus dois filhos, um do relacionamento que teve com Guilherme de Pádua.

Veja também

Paula Thomaz rompeu com Guilherme de Pádua ainda durante o processo judicial que aguardavam pelo assassinato de Daniella Perez, isso porque ela negava ter ajudado no crime e Guilherme assumiu ter tido ajuda dela.

Em 1997 ela foi condenada a 18 anos de prisão mas em 1999 ganhou liberdade condicional e pode sair da cadeia em Niterói, no Rio de Janeiro.

Daniella Perez
Paula Thomaz, assassina de Daniella Perez, foi vista em uma agência artística do Rio de Janeiro (Foto: Reprodução / Fábia Oliveira / Jornal O Dia)

Em 2001, Paula se casou com o advogado Sérgio Rodrigues Peixoto e mudou seu nome para Paula Peixoto, eles estão juntos até hoje e tiveram uma filha, o filho com Pádua foi adotado pelo padrasto e não tem contato com o ex ator.

FICHA CRIMINAL LIMPA

Paula Thomaz se formou em direito e hoje em dia tem ficha criminal limpa, aliás, entrou na justiça até para a imprensa desvincular seu nome do assassinato de Daniella Perez, por conta de uma matéria da ISTOÉ, em 2013.

A justiça negou o pedido e segundo o Juíz isso seria um “apagamento de trecho significativo não só da história de crimes famosos que compõem a memória coletiva, mas também de ocultação de fato marcante para a evolução legislativa mencionada”.

Paula Thomaz voltou aos holofotes não só pelo documentário produzido pela HBO Max que conta os detalhes do assassinato de Daniella Perez, mas sim, por ter ido a tona que ela está treinando sua filha para ser atriz.

Glória Perez se revoltou ao saber da notícia e detonou a atitude de Paula: “Essa criminosa não tem limites. Não preservou o filho que estava na barriga, quando se fez assassina, e não preserva a filha de um meio em que terá sempre como referência ser a filha de uma assassina”

Paula processou a autora por ameaça por conta dessa afirmação.

VÍDEO YOUTUBE: Sonia Abrão DETONA Marcos Mion e condena o que ele fez na Globo

Quem escreve

Bruno Zanchetta

O Jornalismo é a minha vida e está presente nas 24 horas do meu dia. Quando você consome uma informação e se preocupa que ela seja verídica, isso é jornalismo, quando você compartilha uma informação verdadeira, é jornalismo, quando você ensina sobre políticas sociais e consciência de classe, jornalismo. Eu particularmente sou um completo apaixonado por Jornalismo Esportivo, sou narrador e quem sabe um dia vocês ouvirão minha voz na sua televisão ou no seu rádio.

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários