Novelas Velho Chico

“Velho Chico”: Após tragédia, Fagundes grava sumiço no São Francisco e Afrânio é dado como morto

Afrânio (Antonio Fagundes) em cena de "Velho Chico" (Foto: Reprodução/Globo)
Afrânio (Antonio Fagundes) em cena de “Velho Chico”
(Foto: Reprodução/Globo)

Após a tragédia com Domingos Montagner, há menos de uma semana, a Globo volta a gravar a novela “Velho Chico” no Rio São Francisco, nesta quarta-feira (21). Na sequência comandada pelo diretor Luiz Fernando Carvalho, Afrânio (Antonio Fagundes) se joga no rio e desaparece nas águas. As imagens irão ao ar na próxima semana.

Na sequência gravada próxima à foz do rio, em Penedo, estado de Alagoas, e que vai ao ar a partir do dia 26, Afrânio avistará o espírito de Martim (Lee Taylor) e vai se atirar no rio. Desesperado para alcançar o espírito do filho no Gaiola Encantado, embarcação que carrega os mortos na novela das nove, o coronel irá mergulhar no São Francisco e acabará desaparecendo. Somente a peruca e parte de suas roupas serão encontradas boiando por Cícero (Marcos Palmeira). O jagunço vai pensar que o patrão pode estar morto. É o que informa o jornalista Daniel Castro.

Afrânio, no entanto, irá reaparecer totalmente repaginado, como se tivesse se purificado no rio, com cabelos brancos e roupas sóbrias, durante um show de Iolanda (Christiane Torloni). O casal conversará e o coronel pedirá perdão à amada, reconquistando-a. Logo depois, Iolanda vai ligar para Tereza para tranquiliza-lá, avisando que seu pai está vivo e bem. A cantora contará que, depois de sumir no rio, Afrânio pegou carona até Maceió, onde encontrou amigos que o ajudaram a ir para Salvador.

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Vitor