Celebridades

Celebridades

Virginia Fonseca perde na justiça pro ex, sofre condenação cruel e paga milhões: “Chora não”

Virginia Fonseca perde guerra judicial (Foto: Reprodução / Instagram)
Virginia Fonseca perde guerra judicial (Foto: Reprodução / Instagram)

A guerra judicial entre Virginia Fonseca e seu ex, Pedro Rezende, já se estendia por mais de um ano

Casada com Zé Felipe desde o último mês de março, Virginia Fonseca ainda lida com alguns vestígios da relação com o ex, Pedro Rezende, como é o caso do processo escandaloso após o término deles.

Acontece que depois da separação, a loira de 22 anos rompeu um contrato profissional com a ADR, empresa de Rezende, e entrou na justiça cobrando os seus direitos trabalhistas, como férias, FGTS e verbas rescisórias.

Porém, o processo de Virginia Fonseca não foi bem-visto pelo youtuber e resultou em outra ação, mas dessa vez movida pela ADR, condenando a quebra de contrato da influenciadora.

Dessa forma, a guerra judicial entre os dois se estendeu por pouco mais de um ano, e no último sábado (27), chegou ao fim com a condenação da esposa de Zé Felipe, que inicialmente deveria pagar nada menos que R$ 4 milhões ao ex namorado.

Entretanto, depois de uma boa conversa da mãe de Maria Alice, 6 meses, com Rezende, ambos chegaram a um acordo e o valor caiu pela metade, ficando em R$ 2 milhões.

Veja também

INDIRETA

Após o desfecho que obrigou Virginia Fonseca abrir a carteira e entregar milhões, a youtuber optou pelo silêncio e não falou do assunto. Por sua vez, Rezende rasgou o verbo e mandou uma indireta para ela em uma foto divulgada em suas redes sociais. “Jurídico muito forte bb! Chora não”, frisou o vencedor do processo.

Virginia Fonseca perdeu briga judicial com Rezende (Foto: Reprodução)
Virginia Fonseca perdeu briga judicial com Rezende (Foto: Reprodução)

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários