Globo Jair Bolsonaro

Vitória da Globo: Bolsonaro decreta o fim do horário de verão no Brasil e emissoras comemoram

Jair Bolsonaro x Globo (Foto: Reprodução)
Jair Bolsonaro x Globo (Foto: Reprodução)

A Globo e as demais emissoras são, anualmente, prejudicadas na audiência por causa do tradicional Horário de Verão entre os meses de novembro e fevereiro, mas isso vai acabar. O presidente Jair Bolsonaro surpreendeu a todos ao anunciar que o Brasil não terá a mudança no fuso horário neste ano.

Paula sai do BBB direto para a delegacia e poderá pegar até três anos de prisão por racismo

“Tomei a decisão que neste ano não teremos horário de verão”, disparou nesta sexta-feira (5), em um café da manhã com jornalistas. A mudança nos relógios passará a ser eliminada do calendário do país e o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, já anunciou que fará estudos sobre o tema.

Bolsonaro se deu mal (Foto: Reprodução/SBT)
Bolsonaro deixou a Globo para trás (Foto: Reprodução/SBT)

Jair Bolsonaro avaliará o material estudado e decidirá oficialmente se cancelará mesmo ou não o Horário de Verão. O ministro afirma que a decisão será tomada levando em consideração vários fatores como sobrecarga e picos de consumo, e não apenas os dados econômicos.

Samsung presenteia Maisa com celular caríssimo e apresentadora troca ele por iPhone

Para as emissoras, o cancelamento será algo positivo. No ano passado, os relógios foram adiantados em uma hora no Distrito Federal e nos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

Logo da Globo (Foto: Reprodução)

Alagoas, Amapá, Bahia, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Sergipe e Tocantins não adotaram a mudança e isso fez com que a programação da Globo e das demais sofressem grandes alterações, além de Estados do Norte, que passaram a sofrer com o atraso de duas e até três horas.

Anitta se descontrola no orçamento, fica sem dinheiro, quase perde tudo e se desespera

Com ele, novelas como O Tempo Não Para e O Sétimo Guardião foram prejudicadas na audiência e amargaram péssimos índices até o mês de fevereiro, por conta da mudança de hábito dos brasileiros. Em 2016, por exemplo, nas primeiras semanas do Horário de Verão, o número de televisores ligados caiu.

Na faixa das 16h às 21h, o total foi de 58 pontos percentuais para 52 em São Paulo. Já no Rio de Janeiro, o total de aparelhos ligados desde que começou o Horário de Verão caiu sete pontos, de 58 para 51. A razão para isso é que, com o dia claro, as pessoas ficam na rua até mais tarde e passam a ligar a TV em outra faixa.

Cena da novela das 21h, O Sétimo Guardião (Foto: Reprodução/Globo)
Cena da novela das 21h, O Sétimo Guardião caiu na audiência (Foto: Reprodução/Globo)

Uma das maiores vítimas na Globo, por exemplo, é a novela das 18h, que sofre com esse problema desde meados de 2012. No Norte e Nordeste, a Globo promove a chamada “Rede Fuso”, que é considerada defasada, pois as atrações são exibidas uma hora depois de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília.

Pabllo Vittar briga com Anitta no México, Ana Maria Braga sai com fã e Angélica deixa a Globo em projeto secreto

Criada em 2008, a Rede Fuso” surgiu após um pedido do Ministério da Justiça, que pediu às emissoras que seguissem a classificação indicativa de acordo com cada horário, o que já não está mais em vigor. A decisão de Jair Bolsonaro influenciará diretamente nos resultados de audiência neste ano.

SIGA O TVFOCO NO INSTAGRAM E FIQUE POR DENTRO DE TUDO! CLIQUE/TOQUE AQUI.

ANÚNCIOS

ANÚNCIOS

Comentários recentes

CONHEÇA

ASSISTA!

;