Celebridades

Viúva de Gugu, Rose Miriam, sofre derrota na Justiça pela segunda vez e acaba sendo condenada

Rose Miriam sofre derrota na Justiça e ainda é condenada (Foto: Reprodução)
Rose Miriam sofre derrota na Justiça e ainda é condenada (Foto: Reprodução)

Rose Miriam travou guerra contra Leão Lobo na Justiça

A viúva do apresentador Gugu, Rose Miriam foi derrotada pela segunda vez em uma ação movida contra o ex-jornalista do SBT, Leão Lobo, devido ao comentário do apresentador no extinto programa Fofocalizando.

Ela pediu no processo uma indenização no valor de 50 mil reais por danos morais e retratação, porém, a Justiça indeferiu os pedidos e ainda condenou ela a pagar 5 mil pelas custas processuais.

Essa é a segunda derrota que Rose Miriam sofre para Leão Lobo na Justiça, no mês de abril, o Notícias da TV publicou em primeira mão que o processo criminal aberto por Rose Miriam foi indeferido pela juíza Danielle Martins Cardoso, da 3ª Vara Criminal da Comarca de Osasco. Agora, o novo revés, protocolado em 12 de agosto, veio da 39ª Vara Cível do Tribunal de Justiça de São Paulo.

+Carlinhos Maia choca Tatá Werneck ao dizer que ser gay é castigo de Deus: “Inferno”

O advogado de Rose Miriam, Nelson Willians, anexou na ação três reportagens exibidas pelo programa de fofocas, todas pautadas pela briga judicial acerca da divisão da herança bilionária. Para Rose Miriam, Leão Lobo excedeu o caráter jornalístico ao citar os fatos. O advogado alega que sua cliente foi “atacada e desmoralizada”. A Justiça, por sua vez, não interpretou desta maneira.

Em reportagem exibida em 23 de dezembro do ano passado, intitulada “Rose companheira de Gugu, quer provar que era esposa dele e causa polêmica no caso da herança do apresentador”, o advogado alega que Leão Lobo queria passar a mensagem de que Rose Miriam seria oportunista “e que se valeria da morte de seu falecido ‘amigo’ e ‘companheiro de vida’ para obter vantagens ilegítimas indevidas, por meio de mentiras”.

Leão Lobo debateu com os seus colegas de elenco, o fato de Rose Miriam ter aberto um processo de reconhecimento de união estável para ter direito à parte dos bens de Gugu:

“Primeiro: ela assinou quando foi lido o testamento, ela assinou concordando com tudo. Agora ela volta e vem com essa história de que é, né? Quer, quer uma parte na herança”, disparou o jornalista. “Ela sabia que ele não deixaria para ela. Eu tenho certeza disso”, completou.

+Mateus escancara que peoa de A Fazenda tirou o sustento das suas filhas: “Não gosta de mim”

Já no dia 27 de dezembro, a reportagem: “Exclusivo! Gugu deixa pensão para a mãe e a ‘ex'”, tiveram falas consideradas pelo advogado de Rose Miriam como criminosas. E novamente o debate girou em torno da divisão da herança deixada por Gugu. Na interpretação de Willians, sua cliente foi chamada de mentirosa e interesseira pelos integrantes do Fofocalizando.

E para finalizar, em 6 de janeiro, na reportagem: “Exclusivo! Filho de Gugu não passa o Natal com a mãe”, Leão Lobo afirmou que Rose era apenas amiga de Gugu, e que ela nunca foi de fato a sua esposa. Ele ainda acusou o advogado de querer vender a ideia de que ela estaria passando por necessidades.

Leão ainda falou em relação a uma suposta proibição de Rose Miriam para que as suas filhas passassem o Natal junto com a avó, Maria do Céu, mãe de Gugu. Décio Piccinini questionou o caráter de Rose Miriam, enquanto Chris Flores e Leão Lobo dissertaram sobre o tema, reforçando a manchete da notícia.

Rose Miriam e Leão Lobo estão em pé de guerra - Foto: Montagem
Rose Miriam e Leão Lobo travaram guerra na Justiça – Foto: Montagem

O JULGAMENTO

A juíza Juliana Pitelli da Guia julgou todas as solicitações de Rose Miriam como improcedentes, a começar pelo pedido de retratação. Ela explicou que este tipo de solicitação só deve ser encaminhada à Justiça quando a parte que se sente lesada notifica o jornalista ou o veículo de comunicação sobre o seu interesse em dar suas versões sobre os fatos.

Porém, como Rose Miriam e o seu advogado não procuraram Leão Lobo e tampouco o SBT, apelando diretamente as instâncias superiores, a juíza decidiu não dar sequência ao pedido de retratação.

+Jojo Todynho expõe verdadeiro motivo da Lidi em A Fazenda: “Comprou”

Já em relação à indenização por danos morais, foi decidido que Leão Lobo não ultrapassou os limites da liberdade de imprensa ao noticiar os fatos apontados por Rose Miriam e a juíza tampouco entendeu que os comentários feriram a honra da mãe dos filhos de Gugu.

Rose Miriam, por ter sido condenada a pagar as custas processuais e honorários advocatícios, arbitrados em 10% do valor da causa, ou seja 5 mil, junto com o seu advogado, resolveu recorrer a decisão: “Em nome de Rose Miriam, o escritório Nelson Wilians Advogados interpôs recurso de apelação e, no momento, aguarda julgamento”, disse Nelson Wilians.

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Bruno Silva

Bruno Silva é paraibano e atua na área como redator desde 2013, sempre trazendo notícias aos leitores com muita responsabilidade.