Agora

Agora

Crise e encerramento: VOLKSWAGEN fecha fábricas de forma definitiva em país e vende ações

VOLKSWAGEN fecha fábricas (Foto: Reprodução, Olhar Digital)
VOLKSWAGEN fecha fábricas (Foto: Reprodução, Olhar Digital)

Fim de uma era! De forma inesperada, a fabricante de carros Volkswagen, interrompe produção de veículos e fechamento de fábricas

A Volkswagen interrompeu a produção de veículos nas fábricas russas e a exportação de carros derivados da Rússia, durante a guerra com a Ucrânia. O grupo alemão manteve “metade do salário” durante o período.

Na época, outros fabricantes de automóveis também suspenderam o fornecimento de seus produtos à Rússia.

Com a extensa interrupção das atividades comerciais na Rússia, o Conselho Executivo analisou as consequências da situação geral, durante este período de grande incerteza e agitação.

Marca OLKSWAGEN (Foto: Reprodução, OLKSWAGEN Brasil)
Marca OLKSWAGEN (Foto: Reprodução, OLKSWAGEN Brasil)

Agora, a Volkswagen informou que vendeu seu negócio na Rússia à Art-Finance, que por sua vez é apoiada pela montadora russa Avilon. A transação é parte da iniciativa da montadora alemã de abandonar o país por causa da guerra na Ucrânia, como fizeram várias outras empresas do Ocidente.

A montadora de origem alemã anunciou a conclusão do negócio nesta sexta-feira, 19.  A Volkswagen informou em comunicado que a transação inclui instalações em Kaluga, um depósito e seu negócio de distribuição, além do negócio pós-venda, bem como atividades de serviços financeiros com todos os empregados associados.

Veja também

Autoridades da Rússia aprovaram o acordo, que não teve números revelados pela empresa alemã.

Marca de automóveis OLKSWAGEN (Foto: Reprodução, OLKSWAGEN Brasil)
Marca de automóveis OLKSWAGEN (Foto: Reprodução, OLKSWAGEN Brasil)

Quais outras fabricantes de carros deixaram a Rússia?

Por fim, em novembro de 2022, a Renault anunciou que sua parceira Nissan deixaria o mercado russo. Numa decisão que causará um impacto estimado em 331 milhões de euros no balanço da montadora francesa durante o segundo semestre do ano. A japonesa Nissan – na qual a Renault tem uma fatia majoritária – estimou que irá contabilizar perdas de cerca de 100 bilhões de ienes (cerca de US$ 686 milhões) com a venda de suas operações na Rússia.

Também em 2022, a Mercedes-Benz negociou a venda de suas operações na Rússia para o investidor local Avtodom.

🚨 Fátima Bernardes na Record + Thais Fersoza expõe farsa no BBB24 + Globo obriga Rodriguinho a se "humilhar" por Davi

NOS SIGA NO INSTAGRAM

Logo do TvFoco

TV FOCO

📺 Tudo sobre TV e Famosos que você precisa saber.

@tvfocooficial

SEGUIR AGORA