Walderez de Barros

Walderez Barros (Foto: Reprodução)

Walderez de Barros

Walderez Mathias Martins de Barros, nasceu em Ribeirão Preto/SP, no dia 31 de outubro de 1940.

Biografia

Walderez de Barros se formou em Filosofia na Universidade de São Paulo (USP) e começou a atuar no teatro estudantil.

A atriz tem mais de 40 anos de profissão.

Carreira

Walderez de Barros começou na TV Pupi, aos 28 anos de idade.

Sua primeira participação foi na novela Beto Rockefeller, que foi considerada a primeira novela moderna brasileira.

Em 1963, Walderez de Barros, fez sua estreia profissional no teatro no espetáculo Onde Canta o Sabiá.

Durante 10 anos de Rede Tupi, Walderez de Barros fez várias novelas, entre elas os sucessos Simplesmente Maria, O Machão e Papai Coração.

Sua estreia na Globo foi em 1989, em Sampa. No ano seguinte foi para o SBT e, trabalhou em Brasileiros e Brasileiras.

Em 1995, voltou para Globo, e a partir daí fez muitos trabalhos como: Cara e Coroa, O Rei do Gado, Dona Flor e Seus Dois Maridos, Hilda Furacão, Laços de Família, O Clone, Mulheres Apaixonadas, Almas Gêmeas,  Páginas da Vida, Ciranda de Pedra, Paraíso, Escrito nas Estrelas, Morde e Assopra, Salve Jorge e Sete Vidas.

Em 2019, Walderez de Barros, entrou para o elenco da nova versão de Éramos Seis, no papel de Dona Marlene.

Vida pessoal

Walderez de Barros é viúva de Plínio Marcos, com quem foi casada de 1963 a 1984.

O casal teve três filhos, Léo Barros, Kiko Barros e Ana de Barros.

Filmografia

Cinema

1970 – Juliana do Amor Perdido

1993 – Opressão Mãe

1994 – Amor Materno

1998 – Os Três Zuretas

1999 – Outras Estórias

2000 – Tônica Dominante

2001 – Copacabana

2010 – Quincas Berro d’Água

2013 – Dores de Amores

2017 – Cora Coralina – Todas as Vidas

Televisão

1968 – Beto Rockfeller – Mercedes

1969 – João Juca Jr.

1970 – Simplesmente Maria – Teresa

1974 – O Machão – Serafina

1976 – Papai Coração – Irmã Matilde

1976 – Canção para Isabel – Ruth

1978 – Salário Mínimo – Augusta

1989 – Sampa – Sara

1990 – Brasileiras e Brasileiros – Cândida

1995 – Cara & Coroa – Souza

1996 – O Rei do Gado – Judite Berdinazzi

1998 – Dona Flor e Seus Dois Maridos – Dona Rosilda

1998 – Hilda Furacão – Ciana

1999 – Luna Caliente – Carmem

2000 – Laços de Família – Ema Gomes

2001 – O Clone – Salua Rachid

2002 – Desejos de Mulher – Judite Moreno

2003 – Mulheres Apaixonadas – Alzira Vicenza Macedo

2005 – A História de Rosa

2005 – Alma Gêmea – Adelaide Ávilla

2005 – Carga Pesada – Leontina

2006 – Páginas da Vida – Constância Ribeiro

2008 – Alice – Glícia Zanetti

2008 – Ciranda de Pedra – Ramira Lemos

2008 – Xuxa e as Noviças – Suméria Telefilme

2009 – Paraíso – Dona Ida

2010 – Alice: um Especial em Duas Partes – Glícia Zanetti

2010 – Escrito nas Estrelas – Zenilda Salmon

2011 – Morde & Assopra – Hortência Martins de Medeiros

2012 – Salve Jorge – Cyla

2015 – Sete Vidas – Iara Martins Vieira

2016 – Tempero Secreto – Maroca

2019 – Éramos Seis – Dona Marlene

Teatro

1961 – O Balanço

1962 – A Árvore que Andava

1962 – Enquanto os Navios Atracam

1963 – Onde Canta o Sabiá

1965 – Reportagem de um Tempo Mau (censurada)

1965 – Jornada de um Imbecil até o Entendimento (censurada)

1968 – Homens de Papel

1969 – O Cinto Acusador

1970 – Balbina de Iansã

1971 – Quando as Máquinas Param

1975 – Bye, Bye, Pororoca

1977 – O Poeta da Vila e Seus Amores

1979 – Mocinhos e Bandidos

1980 – O Abajur Lilás

1981 – O Jardim das Cerejeiras

1982 – Agnes de Deus

1987 – Electra…Clitemnestra

1989 – Solness, o Construtor

1990 – Max

1995 – Bang-Bang, Quando os Revólveres não Matam

1999 – A Rainha da Beleza de Leenane

Prêmios e indicações

1980 – Prêmio Molière – Melhor Atriz – Vencedora

1980 – Troféu Mambembe – Melhor Atriz – Vencedora

1985 – Prêmio Molière – Melhor Atriz – Vencedora

1985 – Troféu Mambembe – Melhor Atriz – Vencedora

1990 – Prêmio Molière – Melhor Atriz – Vencedora

1990 – Troféu Mambembe – Melhor Atriz – Vencedora

1997 – Troféu APCA – Melhor Atriz Coadjuvante – Vencedora

1999 – Prêmio de Teatro Cultura Inglesa – Melhor Atriz – Vencedora

2010 – Prêmio Quem de Televisão – Melhor Atriz Coadjuvante – Indicada

2013 – Prêmio Shell – Melhor Atriz – Indicada

Fotos de Walderez de Barros

 

PUBLICIDADE