Xuxa Meneghel

Xuxa Meneghel

Xuxa condena e estrangula desafeto publicamente, após declaração mentirosa: “Estão julgando”

Xuxa condena e estrangula desafeto publicamente - Foto: Reprodução
Xuxa – Foto: Reprodução

Xuxa Meneghel usou suas redes sociais para fazer um discurso de ódio expondo toda a verdade

Nesta quinta-feira, 30, Xuxa Meneghel rasgou o verbo em suas redes sociais e voltou a causar. O motivo? A loira de 58 anos, trouxe à tona uma fala do senador Flávio Bolsonaro, filho do presidente, onde o mesmo afirma que as mortes de pessoas LGBTQIA+ diminuiu no governo do pai.

Revoltada, a mãe de Sasha fez questão de expor sua opinião e classificou a fala do político como mentirosa. “Vem cá… Quando eles vão parar de mentir? Quando eles vão achar que nos não pensamos, lemos…”, iniciou a eterna Rainha dos Baixinhos em uma publicação no Instagram.

“Ô família! Vocês estão vivendo o mesmo mundo que nós? Homofobia tá na televisão, nos púlpitos, nas ruas, depois de ter o apoio desse governo… A família tradicional chama o LGBTQIA+ de ‘raça desgraçada'”, escreveu ainda Xuxa.

Em seguida, a apresentadora da Globo alegou que, muitas vezes Bolsonaro e seus filhos fizeram discursos homofóbicos, fato esse que serviu como incentivo para outras pessoas praticarem tal crime. No fim do relato, a artista encerrou fazendo um pedido.

“Em nome de Deus, vocês estão julgando, matando diariamente pessoas. Vocês acham o que? Que mentindo muitas vezes a gente vai acreditar? E o povo que entrar no meu insta pra defender a tese que as pessoas não têm o direito de fazer o que querem com seus corpos vai ser bloqueado, por tanto me faça o favor… Deixe de me seguir AGORA”, concluiu ela.

Veja também

Xuxa ataca Bolsonaro e família após declaração polêmica - Foto: Reprodução
Xuxa ataca Bolsonaro e família após declaração polêmica – Foto: Reprodução

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários