Xuxa Meneghel

Xuxa expõe droga de Sasha, vai pra Globo, detona líderes religiosos e Record bate a porta na cara da loira: “Fora”

A apresentadora Xuxa (Foto: Divulgação)
A apresentadora Xuxa (Foto: Divulgação)

Apresentadora tem se metido em diversas polêmicas nas últimas semanas

Atitudes de Xuxa Meneghel viraram alvo de assunto na mídia nos últimos tempos. Sempre sincera, a apresentadora tem feito e dito o que lhe dá na telha, sem medir as consequências. Toda essa espontaneidade tem reverberado na imprensa.

Primeiro a rainha dos baixinhos deixou a própria filha em maus lençóis ao conceder uma entrevista para o programa The Lady Night de Tatá Werneck, onde ela revelou que Sasha já lhe ofereceu maconha uma vez. Logo os fãs levantaram o rumor de que a herdeira de Xuxa é usuária da erva.

+ Flor, do “Triturando”, detona atitude de Larissa Manoela e expõe ex-atriz do SBT ao vivo: “Eu tenho uma cicatriz”

+Após briga na Justiça, Íris Abravanel confirma divórcio de Silvio Santos e Patricia se envolve: “Ele não precisava”

E essa não foi a primeira entrevista que Xuxa concedeu para a Globo esse ano, tendo participado do The Lady Night, Altas Horas, Conversa com Bial e Cartas Para Eva, a apresentadora irritou a Record por aparecer mais na concorrente do que na própria casa pela qual foi contratada.

Vale lembrar que essa irritação causou consequências para a loira, que ficou completamente de fora do Família Record 2020, o especial de final de ano que reúne as maiores personalidades da emissora para celebrar em um amigo secreto. Xuxa participava da atração há 5 anos, desde que assinou contrato com o bispo, mas parece que com as aparições na concorrência e com seu contrato sendo encerrado neste mês, a produção da Record não quer ver Xuxa nem pintada de ouro.

Outro motivo que pode ter causado desagrado nos bastidores do canal, podem ser os fortes posicionamentos que Xuxa tem em relação ao público LGBT, opiniões essas que vão de encontro a ideologia da emissora de Edir Macedo.

+ Biel esculacha Mion ao vivo em “A Fazenda 12”, deixa peões perplexos e apresentador fica sem reação: “O que disse?”

Após escrever o livro “Maya-Bebê Arco-íris”sobre um garotinha filha de um casal de lésbicas, a autora comentou, em sua coluna na revista Vogue, o que pensa sobre líderes religiosos e intolerantes:

“Deus fez absolutamente tudo, cientificamente provado ou não. O que ele não fez foi o preconceito e a discriminação. Isso sim é coisa do cara lá de baixo. Não aceitar o próximo que é gay ou não, trans ou não, macho ou não, fêmea ou não, é ir contra o mais lindo mandamento: somos todos filhos Dele. Preconceito é crime e usar o nome Dele para isso acredito ser um crime mais pesado ainda”.

Participe agora do grupo do TV FOCO no Telegram e receba tudo sobre BBB - Clique aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Fabricio Miranda