Band

BandBastidores da TVDestaqueExclusivoRecordTV Foco

‘Yuri Silva entrevista’: Milton Neves

Nasceu em Muzambinho no dia 6 de Agosto de 1951. Ele é um dos maiores radialistas e jornalista esportivo que esse país já teve. Rede Record, Band, rádio Jovem Pan AM e outras emissoras de rádio e TV já tiveram o privilégio de tê-lo como funcionário. Com seu lado cômico, Ele acumula polêmicas.

Quando falei em polêmicas, você já deve ter matado a charada. Meu entrevistado de hoje é Milton Neves.

Yuri Silva – Milton, é um prazer te entrevistar. Logo você que é um dos maiores da TV quando se fala em esporte. Obrigado!

Milton Neves – O prazer é meu.

Veja também

Yuri Silva – Queria começar a entrevista pedindo pra você relatar como foi que você escolheu o jornalismo como profissão.

Milton Neves – Foi Deus. Ao gostar do Santos no final de 59 e início de 60 me apaixonei pelo rádio. Daí, veio o sonho de vir para São Paulo. Deu certo.

Yuri Silva – Pode parecer clichê, mas não é. Foi difícil chegar até onde você chegou?!

Milton Neves – Sim, é claro, morei até em porão. Acesse “Biografia” em “miltonneves.com.br”. Tá tudo lá.

Yuri Silva – Agora vamos às polêmicas. Todos sabem que você não tem uma relação nada amigável com o Emerson Leão. O que aconteceu entre vocês?!

Milton Neves – Nada, apenas entendo que ele foi um goleiro nota 9 e é um técnico nota 1.

Yuri Silva – Você tinha o ‘Terceiro tempo’ na Record e saiu de lá convidado pelo Roberto Justus a ir para a Band, mas depois o Roberto desistiu e você ficou desempregado. Como anda o processo movido por você contra ele?! Vocês se falam?!

Milton Neves – Já esteve pior, pode haver um acordo. Mas se seguir vou ganhar. Deus sabe que tenho razão.

Yuri Silva – Qual sua relação com a diretoria da Rede Record?!

Milton Neves – Ótima, maravilhosa, como com a direção da Band que me abrigou depois de abandonado por Justus.

Yuri Silva – Cite rapidamente algumas de suas intrigas no meio futebolístico e alguns processos jurídicos que você move contra alguém e que movem contra você.

Milton Neves – Em todo setor quem tem sucesso desperta inveja. Mas meus invejosos são sortudos porque são mal informados. Caso contrário se matariam.

Yuri Silva – Você e o Silvio Luís brigaram nos bastidores do Programa Raul Gil após o Silvio não tirar o chapéu para você. Ele disse que você o chutou. O que aconteceu realmente?!

Milton Neves – Isso está no verbete “Silvio Luiz” em “Que fim levou?” de miltonneves.com.br. Lá tem áudios, vídeos, textos e a verdade.

Yuri Silva – Qual sua relação com o Silvio?!

Milton Neves – Nenhuma, ele odeia o próximo jovem em boa fase e adora falar mal das pessoas. O Silvio, uma pena, acabou e na Band levou 3 chutes funcionais no traseiro justamente pelo mau humor crônico e a língua solta, raivosa e inconformada.

Yuri Silva – Recentemente houve vários boatos na imprensa especializada em TV de que o Neto e outros profissionais da Band e de outras emissoras na área de futebol foram sondados pela Record. Você foi sondado?!

Milton Neves – Não, adorei ter trabalhado lá, mas sou hoje Band FC.

Yuri Silva – Você voltaria para a Record caso houvesse um convite?!

Milton Neves – Estou muito bem na Band.

Yuri Silva – Bate bola rápido:

Medo – De cobra, tubarão e cachorro. E tenho de invejosos.

Tudo na sua vida – Gratidão, família, segurança.

Futebol – Foi e é meu norte.

Juca Kfoury – O Rei do Traço, o pior do microfone, do rádio e da TV da história.

Roberto Avallone – Um belo cara.

Yuri Silva – Milton, muito obrigado pela gentileza de ceder essa entrevista. Foi uma honra para mim. Os leitores do TV foco vão adorar.

Milton Neves – Espero que gostem!

Créditos: Yuri Silva/Arena da TV

VÍDEO YOUTUBE: Ex-funcionária de Xuxa denuncia situação de prostituição

Quem escreve

Redação TV Foco

Redação TV FOCO publica notícias diariamente sobre o mundo do famosos e também da televisão. Especializado em números sobre a audiência da TV.

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários