Celebridades

Zezé Di Camargo revela medo de avião

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

“Foi por medo de avião, que eu segurei pela primeira vez a tua mão…”. O trecho da música de Belchior poderia contar um pouquinho da história de Zezé Di Camargo. Embora tenha um jato particular desde 1995 e precise encarar o desafio quase diariamente para cumprir sua agenda de shows, o sertanejo não esconde seu medo de voar.

“Foi um terror! Eu tinha 11 anos, fui cantar para um fazendeiro em Santa Helena, em Goiás, e ele tinha uns aviões de jogar remédios sobre as lavouras. Só que esses aviões são pequenininhos e parece que são feitos à mão. Só cabe o piloto e tem uma poltroninha do lado. Ele perguntou se eu já havia andado de avião, eu disse que não. Fui dar uma volta. Quando levantou voo, acho que ele já sacou que fiquei com medo. Ai ele deu uns rasantes. Perguntava se eu estava com medo e eu dizia que não. Olha… voamos por uns cinco minutos, mas para mim durou umas cinco horas. Sofri demais”, relembrou Zezé, que acredita que o fato o traumatizou.

O sertanejo tem um jatinho particular desde 1995 para cumprir sua agenda de shows. Para Zezé, ter um avião não é luxo, e sim uma necessidade, e sempre faz questão de saber o valor que investe nas aeronaves. “Dinheiro não é capim, não. Tem que ter cuidado. No início da carreira, quando se começa, você não olha muito essas coisas. A ansiedade de ter as coisas que sonhou… Quando meu pai comprou uma carroça a primeira vez, a gente comemorou como se fosse um carro. Imagina a gente ter condição, de repente, de ter o carro do ano”, contou ele, que mostrou ter perdido o desejo de investir dinheiro nas novidades do setor automobilístico”.

SIGA O TVFOCO NO INSTAGRAM E FIQUE POR DENTRO DE TUDO! CLIQUE/TOQUE AQUI.

ANÚNCIOS

ANÚNCIOS

Comentários recentes

CONHEÇA

ASSISTA!

;