Destaque Record

Justiça obriga Record a reintegrar 600 funcionários demitidos

(Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

A Record demitiu 600 profissionais dos estúdios do Recnov, em Vargem Grande, no Rio, onde fica a cidade cenográfica das novelas e dos estúdios do “Xuxa Meneghel”, em novembro do ano passado, com a intenção de economizar, após faturar com “Os Dez Mandamentos”.

Após o fim da novela, o canal arrendou os estúdios do Recnov por 5 anos para a produtora Casablanca, que agora se tornou responsável por todo o setor de teledramaturgia, que acabou sendo terceirizado. Mas ela foi surpreendida com uma decisão da Justiça na última terça-feira (16).

Uma ação trabalhista coletiva, ajuizada pelo Sindicato dos Radialistas do Rio de Janeiro contra o Recnov, recebeu decisão favorável aos trabalhadores. De acordo com o colunista Flávio Ricco, essa decisão obriga que os 600 empregados demitidos sejam reintegrado em 20 dias.

Recnov foi terceirizado (Foto: Reprodução)
Recnov foi terceirizado (Foto: Reprodução)

A multa diária, caso a pena não seja cumprida, será de R$ 500,00 por empregado, em favor dos próprios trabalhadores. Além disso, antes de qualquer outra dispensa, o Recnov terá que comunicar ao Sindicato, e será multado em caso dispensa coletiva, com quantidade fora dos padrões.

Segundo a publicação, uma mesma ação será realizada na cidade para tentar reverter demissões que se efetivaram na sede da Record na Barra Funda.

INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE CLICANDO AQUI!

PUBLICIDADE

Mara Maravilha faz revelações bombásticas