CHOCANTE

Pedaços de vidro e metal: Os 8 chocolates, rivais da Nestlé, proibidos pela Anvisa no Assaí, Carrefour e +

11/06/2024 às 21h07

Por: Diego Laureano
Imagem PreCarregada
Chocolate, chumbo, metal e logo da Anvisa, Nestlé, Assaí e Carrefour (Foto: Reprodução / Canva / Montagem TV Foco)

Motivo chocante fez a Anvisa barrar 8 marcas de chocolates

Contendo pedaços de vidro e metal, 8 chocolates, rivais da Nestlé, foram proibidos pela Anvisa (Agência Nacional da Vigilância Sanitária) no supermercados como Assaí, Carrefour, entre outros.

Em 2022, 2023 e 2024, 08 marcas de chocolates não cumpriram as normas sanitárias, onde em alguns produtos foram encontrados metal e pedaços de vidro.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

SAIBA MAIS! Risco fatal e ordem da ANVISA: As 10 marcas de azeite, rivais da Gallo, proibidas no Assaí, Carrefour e +

Vale pontuar que comer chocolate com moderação pode ser benéfico para a saúde e trazer prazer e felicidade para várias pessoas de acordo com o portal Tua Saúde.

Continua após o Veja Também

Veja também

Isso porque o chocolate possui antioxidantes que ajudam a diminuir o risco de doenças cardiovasculares, além de aumentar a produção de serotonina no cérebro, o que melhora o humor e alivia o estresse.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ocorre que de acordo com informações do portal da Vigilância Sanitária de Santa Catarina, a Anvisa informou a publicação da Resolução-RE Nº 2.724, de 24 de julho de 2023, uma interdição do lote 09/23 RS do produto Chocolate em Pó 50% Cacau e lote 10/23 RS do produto Chocolate em Pó 100% Cacau.

Os produtos são da marca Qualicau. Vale lembrar que a decisão foi tomada em julho do ano passado. Tudo porque, alguns dos produtos causariam riscos à saúde pela presença de chumbo e metal.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

METAL FOI ENCONTRADO NOS 2 CHOCOLATES?

A exposição a esses metais pode representar riscos à saúde, causando problemas como danos ao sistema nervoso.

Além de danos aos rins, efeitos adversos no desenvolvimento infantil e aumento do risco de doenças cardiovasculares.

Por isso, é importante que órgãos reguladores como a Anvisa estejam atentos à presença desses metais em alimentos e tomem medidas para proteger a saúde pública.

Como se tratou de um caso isolado, a empresa segue comercializando os seus produtos normalmente, visto que apenas os lotes citados foram barrados pela Anvisa.

Até o momento não foram encontradas notas oficiais, tampouco manifestações da empresa a respeito do ocorrido, porém o espaço continua aberto para que a mesma possa expor sua versão dos fatos.

Marca amada de chocolate é arrancada dos mercados após decreto da ANVISA - Foto: Internet
Marca amada de chocolate foi arrancada dos mercados após decreto da Anvisa (Foto: Reprodução / Canva)

CHOCOLATES DA GAROTO TAMBÉM FORAM RETIRADOS DO CARREFOUR, ASSAÍ E OUTROS SUPERMERCADOS?

A marca queridinha dos brasileiros teve o pedido de recolhimento voluntário dos lotes 225212941G e 225312941G de chocolate em tablete de 80 gramas.

Vale destacar que os chocolates em barra são os queridinhos dos brasileiros. Além de servirem como uma opção carinhosa de mimos para quem você ama, costuma ser uma ótima opção em datas comemorativas.

Portanto, o anúncio de dois lotes da marca de chocolate Garoto causou espanto. Os lotes poderiam conter fragmentos de vidro.

Os dois sabores afetados pela falha de fabricação (Reprodução: Internet)
Os dois sabores afetados pela falha de fabricação (Foto: Reprodução / Olhar Digital)

Os produtos com suspeita de contaminação foram das barras de chocolate ao leite “castanhas de caju” e “castanhas de caju e uva passas”.

De acordo com a Anvisa, o procedimento de recolhimento foi iniciado pela própria empresa no dia 18 de outubro de 2022, tendo em vista a confirmação de avaria em um dos equipamentos de produção da fábrica Garoto, onde foi encontrado risco de conter pequenos fragmentos de vidro em produtos dos dois lotes.

As substâncias poderiam causar lesões na boca ou mucosas. Sendo assim, a Anvisa acatou imediatamente o pedido voluntário da Garoto de acordo com informações do portal G1.

Chocolate da marca garoto (Reprodução/GovenoFederal)
Número dos lotes proibidos (Foto: Reprodução / Olhar Digital)

O QUE DISSE A EMPRESA?

De acordo com a documentação apresentada pela fabricante no comunicado de recolhimento voluntário à Anvisa, a maior parte dos lotes suspeitos ainda não tinham sido comercializadas, felizmente.

Porém, alguns produtos foram distribuídos em Vila Velha, no Espírito Santo, e no estado de Santa Catarina, por isso o pedido de devolução voluntária.

Como se tratou de um aviso da própria fabricante, isso mostra que a Garoto é consolidada em sua área de atuação, justamente por firmar um compromisso com os seus clientes, tratando de avisar imediatamente quando é identificada alguma irregularidade na fabricação de seus produtos.

Veja o comunicado oficial emitido pela fabricante Garoto na época:

Nota oficial da Garoto (Foto: Reprodução / G1)
Nota oficial da Garoto (Foto: Reprodução / G1)

QUAIS FORAM OS ÚLTIMOS 4 CHOCOLATES BARRADOS PELA ANVISA?

De acordo com o próprio portal da Vigilância Sanitária de Santa Catarina, no dia 25 de março de 2024 a Anvisa proibiu um lote do chocolate Toblerone.

Tratou-se do Leche Y Nougat com Miel Y Almentras, da Mondelēz Brasil. Os lotes atingidos são aqueles com validade dos dias 26/12/2024, 15/03/2025 e 23/03/2025.

O motivo foi por conta da falta de informações em português na embalagem, incluindo as advertências sobre alergênicos, lactose e glúten.

Consulte a validade do Toblerone antes de consumir (Reprodução: Internet)
Consulte a validade do Toblerone antes de consumir (Foto: Reprodução / Mondelēz Brasil)

Os lotes barrados estão listados abaixo:

  • OOY4033922, OOY4133922, OOY4233922;
  • OOY4035151, OOY4135151, OOY4235151;
  • OOY4035043, OOY4135043;
  • OOY4033923, OOY4133923, OOY4233923;

Porém, é importante ressaltar que o produto em si não apresentou nenhum problema referente a sua qualidade, o único problema foi exatamente a falta de informações na língua do país, o que é obrigatório.

As informações estavam descritas em espanhol. Sendo assim, consumo pode ser fatal caso alguém com intolerância a lactose ou glúten, por exemplo, consuma o chocolate de forma indevida pela falta de informações em português.

Por e tratar de um caso isolado apenas nos lotes mencionados, a marca segue comercializando normalmente os seus produtos.

Até o momento não foram encontradas notas oficiais, tampouco manifestações da empresa a respeito do ocorrido, porém o espaço continua aberto para que a mesma possa expor sua versão dos fatos.

Chocolate Toblerone (Foto Reprodução/Import)
Chocolate Toblerone (Foto: Reprodução / Mondelēz Brasil)

QUAL É O PAPEL DA ANVISA?

A Anvisa é responsável por tudo que é comercializada no Brasil. Seja na parte de produtos ou alimentos.

A Vigilância Sanitária está sempre verificando se padrões de qualidade estão sendo devidamente cumpridos.

Anvisa fiscaliza todos os produtos que chegam no Brasil (Reprodução: Internet)
Fachada da Anvisa (Foto: Reprodução / Gov)

🚨 Globo arranca Ana e Poeta do ar por R$ 450M + Maju fora do Fantástico na surdina + Ratinho defende ex de Iza    

Anvisa
Anvisa chocolate
Anvisa proibição
Diego Laureano

Autor(a):

Sou formado em Teatro, Produção Audiovisual e Jornalismo e completamente apaixonado por comunicação. Já atuei em emissoras de TV como Assistente de Produção e Redator em portais de entretenimento. Escrevo sobre televisão e seus bastidores, com responsabilidade, clareza, leveza e muito amor desde 2008. Mas a minha realização profissional está no Departamento de Novelas e Realities, no qual faço parte no TV Foco desde 2022. Além de Redator, atuo como Co-Apresentador das Lives do site no YouTube, às terças e sextas-feiras. Minhas redes sociais são: [email protected]

Botão de fechar
Utilizamos cookies como explicado em nossa Política de Privacidade, ao continuar em nosso site você aceita tais condições.