A Vida da Gente TV Foco

“A Vida da Gente” é apresentada à imprensa na cidade cenográfica da novela

http://sat.grupoatribuna.com.br/tvtribuna/fotos/vitrineonline/29_08_2011/tn_A%20Vida%20da%20Gente.jpg

O lançamento de “A Vida da Gente” para a imprensa aconteceu na noite desta terça-feira (13), no Projac. Mas, ao contrário do que a Globo costuma fazer, desta vez os jornalistas foram levados até a cidade cenográfica, dividida entrie Porto Alegre e Gramado. Porto Alegre ocupa a maior parte do lugar, com 85 mil metros quadrados. “Estive aqui quando ela estava sendo construída e fiquei encantada com o resultado final”, disse a autora da trama, Lícia Manzo.

Depois, um ônibus levou os jornalistas até outra parte da cidade, em Gramado, onde fica o salão de festas da Iná, personagem de Nicette Bruno. “Ela abriu esse salão para as pessoas da terceira idade”, explica Nicette. Uma hora depois, um clipe com algumas cenas da novela é transmitido. O trecho mostra várias cenas dos protagonistas Rafael Cardoso (Rodrigo) e Fernanda Vasconcellos (Ana). Iná e Laudelino (Stênio Garcia) também participam do clipe. Romântico, ele faz o estilo amante à moda antiga. Mas Iná não quer saber de casamento.

Muitas histórias de família permeiam “A Vida da Gente”. A tenista Ana fica em coma depois de sofrer um acidente de carro com a filha, a pequena Júlia, e a irmã, Manoela, vivida por Marjorie Estiano. O pai da criança é Rodrigo (Rafael Cardoso), filho do padrasto de Ana, Jonas (Paulo Betti). A família não sabia do envolvimento dos dois até que Eva (Ana Beatriz Nogueira), durante uma briga com o marido, flagra os dois se beijando no quintal da mansão.

Para piorar, Ana se descobre grávida no mesmo momento em que Eva descobre a traição do marido com Cris, sua personal trainer, vivida por Regiane Alves. “Cris tem 25 anos e Jonas tem 50. Quando os dois decidem ficar juntos, descobrem todos os problemas que a diferença de idade pode trazer para um casal. Ela quer ir para a balada, enquanto Jonas prefere ficar em casa, dormindo”, conta Regiane.

Ana some de cena junto com a mãe. Eva decide que o melhor é que a tenista saia do Brasil para ter sua filha. Assim, quando ela voltar ao país de origem, vai continuar com seus contratos e manter não só ela, mas também a Eva. A criança nasce e as três voltam ao Brasil. Só que a pequena Júlia está registrada no nome da avó.

Disposta a acabar com a farsa, Ana decide fugir para a casa da avó, Iná, com Júlia nos braços e a irmã Manoela a tiracolo. Mas um acidente de carro deixa a tenista cinco anos em coma e muita coisa muda quando ela finalmente acorda. A irmã e cúmplice, Manoela, se casa com Rodrigo e os dois criam a pequena Júlia. Ana, então, começa a se envolver com Lúcio (Thiago Lacerda), médico que cuidou dela durante o tempo em que permaneceu no hospital. “Quando termina a relação médico e paciente, começa a de homem e mulher”, explica Thiago.

Lícia Manzo diz que a proposta da novela é exatamente essa: mostrar as novas famílias que são formadas na atualidade. “O escopo da novela é a família que, há pouco mais de 50 anos era algo rígido e imutável. Hoje, temos lares desfeitos e refeitos, com crianças de diferentes sobrenomes morando debaixo do mesmo teto”, encerra a autora.

Com Informações do site UOL

Participe agora do grupo do TV FOCO no Telegram e receba tudo sobre BBB - Clique aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Redação TV Foco