Celebridades

CelebridadesGlobo

Amigos e familiares dão último adeus no caixão de Arnaldo Jabor, âncora da Globo; veja fotos do triste momento

Arnaldo Jabor deixa uma carreira brilhante após morte
Arnaldo Jabor deixa uma carreira brilhante após morte

O cineasta, cronista e jornalista, Arnaldo Jabor, de 81 anos morreu na madrugada desta terça (25) e foi homenageado em velório no Rio de Janeiro

As 11h de hoje quarta-feira, o corpo do Jornalista Arnaldo Jabor foi velado em cerimônia comovente no Museu de Arte Moderna, o MAM, no Rio.

A cerimônia, aberta ao público, recebeu diversas estrelas do mundo do cinema que choraram com a partida de Arnaldo Jabor, presenças como Caio Blat, Luisa Arraes e Bárbara Paz foram presenciadas.

Carolina e João Pedro Jabor são amparados por Bárbara Paz (Foto: Webert Belicio /Agnews )
Carolina e João Pedro Jabor são amparados por Bárbara Paz (Foto: Webert Belicio /Agnews )

Arnaldo Jabor estava internado no Hospital Sírio Libanês em São Paulo desde o dia 16 de dezembro de 2021, desde então sendo acompanhado pelos médicos Rogério Turma e Daniel Forte, outro velório foi realizado hoje, mas só para familiares, o corpo foi cremado as 16 horas de hoje.

+RedeTV! prepara estratégia infalível, relança Encrenca e Narcisa e Gretchen podem assumir o programa

CARREIRA

Arnaldo Jabor teve muito sucesso como cineasta, Jabor se destacou com o filme ‘Eu sei que vou te amar’, indicado ao prêmio ‘Palma de Ouro’ de melhor filme, em Cannes, ficou famoso após se tornar comentarista na Globo em 1991.

Veja também

Caio Blat e Luisa Arraes em velório de Arnaldo Jabor (Foto: Webert Belicio/Agnews)
Caio Blat e Luisa Arraes em velório de Arnaldo Jabor (Foto: Webert Belicio/Agnews)

Outro feito marcante de Arnaldo Jabor foi em ‘Toda Nudez será castigada (1973), onde ele foi indicado para o Urso de Prata, no festival de Berlim.

+“Eu fiquei bem mal”, Claudia Raia confirma relação com Jô Soares e detona o que ele fez: “Fora dos padrões”

Para a Música, o jornalista foi autor da canção ‘Amor e sexo’, ao lado de Rita Lee e Roberto de Carvalho, e também ajudou a escrever ‘Samba Canção’ ao lado de Cristóvão Barros.

O cineasta dedicou sua vida a literatura e ao Jornalismo, na Globo, o cineasta ganhou fama e conhecimento do público ao se tornar comentarista político, a partir de 1991, ele morreu aos 82 anos, após uma longa carreira de sucesso.

Fernanda Montenegro abraça filho de Arnaldo Jabor no velório do cineasta (Foto: Webert Belicio/AgNews)
Fernanda Montenegro abraça filho de Arnaldo Jabor no velório do cineasta (Foto: Webert Belicio/AgNews)

VÍDEO YOUTUBE: Wanessa Camargo e Dado Dolabella se assumem em relação e família descobre

Assuntos

Arnaldo Jabor

Quem escreve

Bruno Zanchetta

O Jornalismo é a minha vida e está presente nas 24 horas do meu dia. Quando você consome uma informação e se preocupa que ela seja verídica, isso é jornalismo, quando você compartilha uma informação verdadeira, é jornalismo, quando você ensina sobre políticas sociais e consciência de classe, jornalismo. Eu particularmente sou um completo apaixonado por Jornalismo Esportivo, sou narrador e quem sabe um dia vocês ouvirão minha voz na sua televisão ou no seu rádio.

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários