Celebridades

Anitta fala sobre carreira internacional e rebate críticas

Anitta (Foto: Reprodução)

Sucesso no Brasil, Anitta está caminhando à passos largos com sua carreira internacional, falou sobre as críticas que recebeu quando resolveu se lançar fora do país.

+Com festa de unicórnio, Gloria Maria aparece com as filhas em aniversário

“(Diziam): ‘Ninguém vai escutar, essa produção não combina com o mercado latino, é muito brasileira’”, disse ela em conversa para o Fantástico. “Ninguém me ajudou, não houve investimento, apenas eu metendo a cara sozinha. Agora, é muito louco ouvir ‘Paradinha’ tocar no aeroporto de Nova York. Uma música que todo mundo achou que não ia dar certo abriu as portas do mercado internacional para mim”.

Ela relembrou ainda o início da sua carreira com “Show das Poderosas”. “Estou vivendo lá fora exatamente o que vivi no início da minha carreira no Brasil. Tenho que lidar com as mesmas situações: as barreiras, as pessoas, as músicas, as dificuldades… Tudo parecido”.

+Tatá Werneck fala sobre nova personagem em novela que promete dar o que falar

ANITTA FALA SOBRE RETORNO AO FUNK

Já faz muito tempo que a cantora Anitta se tornou a “diva pop” brasileira. Após fazer parcerias com vários artistas internacionais, ela resolveu voltar às suas origens e apostar no que a consagrou aqui no Brasil: o funk. Seu mais novo hit, o Vai Malandra, será ao som do famoso batidão.

A produção foi gravada na comunidade do Vidigal, em parceria com MC Zaac, Maejor, Yuri Martins e Tropkillaz, e será lançada na próxima segunda-feira (18), fechando o ciclo do projeto CheckMate. O trabalho será lançado ao vivo em seu canal no YouTube, a partir das 11h da manhã.

+Finalista do Dança dos Famosos, Lucas Veloso comemora nova fase de sua vida

Ao jornal Extra, ela falou sobre o assunto e revelou o motivo do seu retorno ao funk. “Tive a oportunidade de mostrar minhas origens neste clipe. Um pouco do que eu mesma curtia onde eu morava. O bronze na laje, o baile funk, o mototaxi e a alegria, claro”.

“O clipe é pra cima, alegre, cheio de vida. O funk mora em mim e faz parte de quem eu sou. Eu estou muito feliz com o resultado e com a música”, revela. O funk sempre esteve presente nos meus shows e em algumas faixas dos meus álbuns. Vai Malandra é bem raiz e eu amo isso”, conta.

“Eu continuo a fazer, a gostar e a defender nossa cultura e me orgulho muito disso. Não pretendo deixar, muito pelo contrário. Nesta música temos participação internacional também e pretendo levar o funk para que muitas pessoas conheçam”, disse ela, falando ainda sobre o que virá em 2018.

“Não penso nisso. Fazer música é o que eu gosto e o que escolhi para minha vida. Meu foco é fazer (rs). Em 2018, teremos muitas novidades! Checkmate foi um projeto do qual me orgulho muito. Quem sabe a gente não retoma ele em 2018? Já pensou?”, comenta.

E sobre o ano de 2017, ela declara: “Meu ano foi repleto, muito especial em todos os sentidos”. Boa sorte!

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Raquel Souza