CHOCANTE

Pelo de rato, bactéria fatal e +: A proibição da Anvisa contra 3 marcas populares de molho, tempero e azeite

05/06/2024 às 20h04

Por: Diego Laureano
Imagem PreCarregada
Anvisa e marca de molho, tempero e azeite (Foto: Reprodução / Globo / Montagem TV Foco)

3 famosas marcas foram barradas pela Anvisa

Em maio de 2017, fevereiro de 2024 e março de 2024, 3 marcas populares de molho, tempero e azeite foram retiradas dos supermercados por determinação da Anvisa (Agência Nacional da Vigilância Sanitária).

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Telegram

Apesar dos períodos anteriores, a medida cautelar para os lotes citados abaixo seguem ativas. O anúncio causou espanto, visto que o extrato de molho de tomate, tempero e azeite são ingredientes populares.

SAIBA MAIS! Substância fatal: O decreto da ANVISA contra tempero popular e a ordem de retirada das lojas às pressas

De acordo com o portal da Vigilância Sanitária de Santa Catarina, o primeiro produto proibido foi a Pimenta-do-reino Preta Moída Pura da marca . A empresa decidiu coibir a comercialização, distribuição, propaganda e uso da marca de temperos.

Receba nossas notícias diretamente no seu WhatsApp


Além disso, estabeleceu o recolhimento do lote nº 0892308 do produto Pimenta-do-reino Preta Moída Pura da marca , da empresa Junco Indústria e Comércio Ltda.

Veja também

Vale destacar que a proibição da Anvisa aconteceu através da publicação da Resolução-RE Nº 504, de 07 de fevereiro de 2024.

A decisão do órgão em proibir o uso do tempero se deu pelos resultados de má qualidade de Pesquisa de Salmonella spp. e Contagem de Escherichia coli.

Salmonella é o nome de todo um gênero de bactérias. Dentro desse gênero, estão duas espécies que causam doenças em humanos: a Salmonella enterica e a Salmonella bongori.

Pimenta-do-reino preta moída pura marca Fã, da empresa Junco Industria (Foto: Divulgação / Google Shopping)
Pimenta-do-reino preta moída pura marca Fã (Foto: Divulgação / Google Shopping)

BACTÉRIA FATAL?

Ocorre que a bactéria, que está espalhada no meio ambiente, se aloja em fezes de animais. Alguns desses animais estão entre nossas fontes comuns de alimentação, como galinhas, vacas e porcos.

Sendo assim, a principal forma de transmissão é através de alimentos contaminados com essas fezes.

Carne bovina, suína e de aves, leite e ovos crus são os alimentos de maior risco de acordo com informações do portal Santa Casa de Curitiba.

Os principais sintomas dessa bactéria fatal são:

  • Diarreia, que pode durar até 10 dias;
  • Vômitos;
  • Febre moderada;
  • Dor de barriga;
  • Mal-estar geral;
  • Cansaço;
  • Perda de apetite;
  • Calafrios;

Tratou-se apenas do lote citado acima, sendo assim a empresa segue comercializando normalmente os seus produtos.

Até o momento não foi encontrada nenhuma nota oficial ou posicionamento da empresa mencionada, lembrando que o espaço permanece aberto para que ela possa expor sua versão dos fatos.

MARCA DE AZEITE FOI BARRADA PELA VIGILÂNCIA SANITÁRIA?

A Anvisa informou a publicação da Resolução-RE Nº 1.062, de 15 de março de 2024, a qual suspendeu a comercialização, distribuição, propaganda e uso, e determinou o recolhimento do lote nº 19227 095 produto Azeite de Oliva Extra Virgem, marca Vincenzo, de responsabilidade da empresa TRL Internacional Importadora e Exportadora.

Sobre o motivo que levou a proibição, foi por causa do resultado insatisfatório no ensaio de determinação do índice de refração e do índice de iodo WIJS, conforme Laudo de Análise Fiscal definitivo nº 648.1P.0/2023, emitido pelo Laboratório Central de Saúde Pública Noel Nutels – LACEN /RJ.

Ocorre que algumas contaminações químicas podem ser prejudiciais a saúde e até matar dependendo da quantidade ingerida, por isso a marca de Azeite foi barrada de acordo com informações do portal da Vigilância Sanitária de Santa Catarina.

Acontece que por se tratar de um caso isolado, apenas o lote citado acima foi proibido de ser comercializado, onde a empresa segue normalmente com as vendas de seus produtos.

Até o momento não foi encontrada nenhuma nota oficial ou posicionamento da empresa mencionada, lembrando que o espaço permanece aberto para que ela possa expor sua versão dos fatos.

Azeite - (Foto: Reprodução / Internet)
Azeite (Foto: Reprodução / Canva)

QUAL MARCA DE MOLHO FOI BARRADA PELA ANVISA?

O molho de tomate conta com propriedades antioxidantes, que retardam o processo de envelhecimento das células, e pode até mesmo melhorar a qualidade da urina de acordo com informações do portal Tua Saúde.

Além disso, esse produto é rico em potássio e vitaminas C, A e K, cujos benefícios são sentidos principalmente na coagulação sanguínea, visão, pele e cabelo.

Desse modo, cumprindo o seu papel de órgão fiscalizador a Anvisa barrou uma famosa marca de molho de acordo com informações do portal G1.

A marca de extrato de tomate Elefante, fabricada pela Cargill Agrícola foi barrada pela Vigilância Sanitária em agosto de 2017.

Tudo aconteceu depois de um laudo identificar pelo de roedor (pelos de ratos) acima do limite máximo de tolerância da legislação vigente.

A identificação do pelo de roedor nos extratos de tomate e no molho de tomate foi feita pela Diretoria de Vigilância Sanitária de Santa Catarina.

Apesar da marca CICA ter sido extinta, a marca Elefante ainda existe (Foto Reprodução/Montagem/ Engarrafador Moderno)
Marca Elefante ainda existe e pertence a Cargill (Foto: Reprodução / Engarrafador Moderno)

A EMPRESA SE PRONUNCIOU?

Vale destacar que atualmente a legislação brasileira tolera a presença não só de pelo de ratos, mas também de pedaços de moscas, baratas, aranhas, formigas, areia, pelo humano, teias e até excrementos animais em produtos, desde que estejam dentro do limite estabelecido por lei.

Vale pontuar que o lote 032502, com prazo de validade de 18 de agosto de 2017, foi retirado dos mercados, atendendo ao pedido do órgão fiscalizador e a marca Elefante segue comercializando os seus produtos normalmente.

Sinônimo de qualidade e rendimento, o extrato de tomate Elefante está presente na vida das consumidoras há vários anos.

Conforme a empresa destaca em seu site oficial, os seus produtos são feitos apenas com tomates selecionados, sal e açúcar e não tem contém conservantes. Sendo assim, a marca é encontrada facilmente nos supermercados.

Com isso, quem determina este limite é o RDC-14, um conjunto de leis criado em 2014 que determina quanta “sujeira” é aceita num alimento sem que isso cause problemas de saúde para o consumidor.

Até o momento não foram encontradas notas oficiais, tampouco manifestações da empresa a respeito do ocorrido, porém o espaço continua aberto para que a mesma possa expor sua versão dos fatos.

Molho de Tomate Elefante (Foto: Reprodução / Mundo das Marcas)
Molho de Tomate Elefante (Foto: Reprodução / Mundo das Marcas)

QUANDO A ANVISA FOI FUNDADA?

A Anvisa, um dos principais órgãos responsáveis pela fiscalização de todos os produtos, desde a sua fabricação, até o momento em que está disponível para comercialização, foi fundada no dia 26 de janeiro de 1999.

Anvisa responsável pela averiguação de todos os produtos (Reprodução: Anvisa/Divulgação)
Fachada da Anvisa (Foto: Reprodução / Gov)

🚨 Ex de Nahim em gu3rra com filha do cantor + Faustão e Fernanda Montenegro esnobam a Globo + Fraude de Matteus 

NOS SIGA NO INSTAGRAM

Logo do TvFoco

TV FOCO

📺 Tudo sobre TV e Famosos que você precisa saber.

@tvfocooficial

SEGUIR AGORA

Sou formado em Teatro, Produção Audiovisual e Jornalismo e completamente apaixonado por comunicação. Já atuei em emissoras de TV como Assistente de Produção e Redator em portais de entretenimento. Escrevo sobre televisão e seus bastidores, com responsabilidade, clareza, leveza e muito amor desde 2008. Mas a minha realização profissional está no Departamento de Novelas e Realities, no qual faço parte no TV Foco desde 2022. Além de Redator, atuo como Co-Apresentador das Lives do site no YouTube, às terças e sextas-feiras. Minhas redes sociais são: diego.laureano@otvfoco.com.br

Utilizamos cookies como explicado em nossa Política de Privacidade, ao continuar em nosso site você aceita tais condições.