Globo

Globo

Após expor salário de Bonner, Bolsonaro parte pra cima de apresentadora do Bom Dia Brasil e acusa a Globo

Bolsonaro já criticou Bonner e integrante do Bom Dia Brasil
Bolsonaro já criticou Bonner e integrante do Bom Dia Brasil, da Globo -Foto: Montagem-TVFOCO

O presidente do Brasil rebateu a jornalista do BDBR e acusou a Globo de divulgar mentiras sobre ele

O presidente Jair Bolsonaro, voltou a dar uma entrevista polêmica para a Jovem Pan News e partiu pra cima de de seus desafetos na Globo, rebatendo uma critica de Miriam Leitão, integrante do Bom Dia Brasil.

Bolsonaro comentava sobre um forte artigo da jornalista no site O Globo, no qual ela pediu que o presidente da República seja banido de “Facebook, Twitter e todas as outras redes”.

Me banir das redes sociais é jogar fora das quatro linhas. O jogo tem que ser realizado dentro das quatro linhas. A gente não pode admitir jogo baixo dessa natureza.”, rebateu ele, falando sobre a fiel escudeira de Ana Paula Araújo no matinal.

A Miriam acha que tem algum apoio para me banir das redes sociais ou me fazer refém da grande mídia. Se eu dependesse apenas da Globo, eu estaria morto politicamente hoje em dia”, afirmou, citando a oposição da emissora carioca.

Jair Bolsonaro seguiu: “Qual é a acusação contra mim? Que fake news tenho praticado? Quando acontece um equívoco, já aconteceu, a gente se retrata no dia seguinte, coisa que não acontece na Globo, com essa comentarista econômica, Miriam Leitão”, denunciou ele.

Veja também

Miriam Leitão e Bolsonaro já trocaram farpas no passado
Miriam Leitão e Bolsonaro já trocaram farpas no passado – Foto: Montagem

O chefe do Executivo também garantiu não perseguir a imprensa. “Eu nunca tentei fazer nada contra a mídia. O Lula fala constantemente que vai regular a mídia, vai regular as redes sociais, e ela (Miriam Leitão) não tem qualquer crítica ao Lula. Ela age partidariamente na sua televisão”, acusou o político.

RECENTEMENTE, BOLSONARO CRITICOU BONNER E ATÉ EXPÔS O SALÁRIO DO ÂNCORA DO JN

Vale lembrar que em 14 de dezembro, mesmo sem evidências, Bolsonaro rasgou o verbo contra William Bonner e até expôs uma suposta redução salarial do âncora do JN.

Em um vídeo divulgado nas redes sociais, Bolsonaro trouxe à tona a época que quis mostrar no JN uma cartilha supostamente a respeito da ideologia de gênero.

“Lembra a cartilhinha com a menina e o menino com furo?”, disse ele. Assim, uma apoiadora concordou e relembrou como William Bonner o impediu de mostrar o material em rede nacional.

“William Bonner aí. Quero fazer um [apelo] humanitário. Ele teve o salário reduzido. De R$ 800 mil para R$ 500 mil. Vamos fazer uma vaquinha pra dar uma força aí? Eu não sei o que tá acontecendo com a Globo, não sei”, brincou. “Quebrou!”, respondeu um apoiador.

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Quem escreve

Erick Martins

Recém formado em jornalismo, costumo escrever sobre programação de TV, esportes, bastidores e tudo que engloba o mundo dos famosos de maneira leve e direta.

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários