Urgente

Aposentadoria na casa dos 50 e nova lei para aumentar o valor: 2 vitórias do INSS chegam agora


INSS, 50 anos, e aposentados - (Reprodução Internet)

Vitória do INSS para se aposentar feliz da vida

Duas vitórias chegaram ao INSS e garantem aposentadoria na casa dos 50 e nova lei que aumenta o valor com usas novas regras, garantindo melhor benefício para assegurados.

Para trabalhadores que estão ou foram expostos a agentes prejudiciais à saúde, a aposentadoria pode chegar mais cedo, garantida a partir de apenas 15 anos de contribuição ao INSS.

Além da aposentadoria ainda na casa dos 50, a nova legislação do INSS vem permitindo que os aposentados possam revisar e até mesmo aumentar o valor do benefício disponibilizado.

COMO APOSENTAR NA CASA DOS 50 ANOS?

De acordo com o site do Governo, trabalhadores expostos a algum agente prejudicial à saúde,  tais como calor, ruído ou substância tóxica, pode ter direito a se aposentar mais cedo do que as demais regras hoje vigentes para a concessão de aposentadoria pelo Regime Geral de Previdência Social (RGPS).

Com apenas 180 meses de contribuição é possível ter acesso à Aposentadoria Especial.

Veja também

São três as faixas estabelecidas pelo INSS: 15, 20 ou 25 anos. Para cada uma delas, é exigida a comprovação de igual tempo de atividade profissional com exposição permanente (não pode ser ocasional) a agente nocivo.

Aos trabalhadores inscritos no INSS depois da Reforma da Previdência Social, acrescentou uma idade mínima como requisito à concessão do benefício: 55 anos de idade para exposições insalubres que garantem ao segurado o direito de se aposentar após 15 anos de trabalho e contribuição; 58 anos de idade para 20 anos de contribuição e atividade profissional exposta a agente nocivo; e 60 anos de idade para 25 anos atuando e contribuindo sob risco à saúde, garantindo a aposentadoria ainda na casa dos 50.

Além da aposentadoria especial na casa do 50 anos, há nova lei que permite que os aposentados possam revisar e aumentar o valor dos seus benefícios.

Diante as alternativas, é possível adicionar salários antigos, comprovar tempo de trabalho em atividade nociva à saúde e incluir contribuições em outras moedas.

“Há um prazo de dez anos a partir do início da aposentadoria para que se possa pedir qualquer tipo de revisão. Além disso, o segurado tem direito a receber os valores retroativos de até cinco anos, caso seja provado algum erro”, explicou o especialista em direito previdenciário, Roberto Castro.

🚨 Escândalo de Mani e Davi acaba com gravação na Globo + Leonardo se mete em chifre de Belo    

NOS SIGA NO INSTAGRAM

Logo do TvFoco

TV FOCO

📺 Tudo sobre TV e Famosos que você precisa saber.

@tvfocooficial

SEGUIR AGORA

Prazer, sou Bruno Zanchetta, formado em Jornalismo pela Universidade Metodista de São Paulo. O Jornalismo é a minha vida e está presente nas 24 horas do meu dia.Faço matérias diversas sobre carros luxuosos, veículos impressionantes e até sobre coleções curiosas Email: [email protected]