ATENÇÃO!

ADEUS idade mínima, novas regras do INSS: Aposentadoria por contribuição tem tabela atualizada em 2024

08/06/2024 às 18h42

Por: Ionara Santna
Imagem PreCarregada
Novas regras do INSS: Aposentadoria por contribuição tem tabela atualizada em 2024 (Foto: Internet)

Aposentadoria por tempo de contribuição passa por mudanças

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) desempenha um papel fundamental na gestão dos benefícios previdenciários no país, incluindo aposentadorias, pensões e auxílios.

Siga o Tv Foco no Telegram

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Telegram

É crucial que aposentados e aqueles que planejam se aposentar estejam atentos às alterações nas regras do instituto, pois elas podem afetar diretamente seus direitos e planejamento financeiro.

Como de costume, em 2024, o INSS passou por algumas mudanças para garantir a viabilidade do sistema previdenciário, sendo a Aposentadoria por Tempo de Contribuição uma das mais impactadas.

A Aposentadoria por Tempo de Contribuição é concedida ao segurado que cumpre um determinado período de filiação e contribuição à Previdência Social.

Siga o Tv Foco no WhatsApp

Receba nossas notícias diretamente no seu WhatsApp


Em resumo, é válido dizer que a aposentadoria por Tempo de Contribuição é uma possibilidade para mulheres que possuem mais de 30 anos de contribuição e homens acima de 35 anos de contribuição.

Veja também

A modalidade passou por mudanças em algumas regras de transição, ou seja, para aqueles segurados que faltavam pouco para atingir todos os requisitos até 13/11/2019, data da Reforma da Previdência, com a extinção da idade mínima.

Nesse ano, a fórmula 86/96 torna-se uma alternativa ao Fator Previdenciário. Nela, soma-se, em anos, a idade ao tempo de contribuição do segurado. Veja detalhadamente à seguir!

Tempo de contribuição integral até novembro de 2019:

  • Homem: 35 anos de contribuição, sem exigência de idade mínima, mínimo de 180 meses de carência, soma do tempo de contribuição + idade deve resultar em 96;
  • Mulher: 30 anos de contribuição, sem exigência de idade mínima, mínimo de 180 meses de carência, soma do tempo de contribuição + idade deve resultar em 86.

Como calcular a carência da aposentadoria por tempo de contribuição?

A carência mínima para o benefício de aposentadoria por tempo de contribuição, até novembro de 2019, era de 180 meses.

Para calcular essa carência, atribui-se 1 mês para cada contribuição realizada, independentemente da duração do período de atividade do trabalhador, seja ele de 1, 2, 3, 4 ou 30 dias.

Dessa forma, quem busca se aposentar utilizando as regras anteriores à Reforma da Previdência, pelo direito adquirido, precisa comprovar a contribuição previdenciária efetiva por 180 meses.

🚨 Luto! Bozo morre + Polícia investiga mort3 de Nahim como ass@ssin@to + Tati puxa tapete de Eliana?   

Autor(a):

Me chamo Ionara Santana. Sou estudante de Engenharia da Computação pela Universidade Federal do Ceará - UFC, Body Piercer e encontrei o amor e a vocação pela redação através do TV FOCO, integrando a equipe desde 2018. Gosto de escrever matérias sobre os mais diversos assuntos da televisão e do mundo das celebridades, principalmente quando se trata de Realities e Novelas. Minha meta é trazer notícias rápidas e objetivas. Minhas redes sociais são: Email: Ionara.santana@otvfoco.com.br

Botão de fechar
Utilizamos cookies como explicado em nossa Política de Privacidade, ao continuar em nosso site você aceita tais condições.