Celebridades

Celebridadesighome

Astro máximo morre aos 79 anos e deixa público arrasado, após corpo ser encontro sozinho em casa

O ator Tommy Kirk morreu aos 79 anos (Foto: Divulgação)
O ator Tommy Kirk morreu aos 79 anos (Foto: Divulgação)

Ator Tommy Kirk deixou milhares de fãs e abalou o mundo dos famosos com sua partida

Nessa terça-feira (28), o ator Tommy Kirk, veterano de Hollywood conhecido por O Meu Melhor Companheiro (1957) e Felpudo, o Cão Feiticeiro (1959), foi encontrado morto, sozinho, na casa onde morava Las Vegas, nos Estados Unidos.

O comunicado oficial foi feito através das redes socais de Paul Peterson, que também informou que o ator vivia distante de sua família de sangue e era ajudado pela A Minor Consideration, organização sem fins lucrativos que auxilia atores mirins em sua transição à vida adulta.

Tommy Kirk tinha uma relação turbulenta com a mãe. O ator teve seu contrato encerrado com a Disney depois de uma longa parceria, que incluiu passagens pelo Clube do Mickey e filmes como O Fabuloso Criador de Encrencas e Uma Aventura na Terra dos Brinquedos, depois de sua progenitora revelar aos estúdios sobre a opção sexual do ator, que era gay.

Leia também: “Orem por mim”, implora Andressa Urach, grávida, falida e diagnosticada com doença brutal

Depois disso, ele continuou atuando em produções de menor destaque e se aposentou após The Education of a Vampire, de 2001.

COMUNICADO DA MORTE DO ATOR NA ÍNTEGRA

“Meu amigo de muitas décadas, Tommy Kirk foi encontrado morto na noite passada. Você com certeza se lembra de seus vários filmes da Disney como O Meu Melhor Companheiro e Felpudo, o Cão Feiticeiro, etc. Tommy era um cara reservado. Vivia em Las Vegas, perto de sua amiga e colega de elenco de O Meu Melhor Companheiro, Bev Washburn, que nos ligou esta manhã. Tommy era gay e distante de sua família de sangue. Nós da A Minor Consideration somos a sua família. Sem desculpas. Nós cuidaremos disso. Por favor saibam que Tommy Kirk amava vocês, seus fãs. Vocês o levantaram quando a indústria o decepcionou em 1965. Ele não guardou mágoas. Sua igreja o confortou. Que Deus tenha piedade de sua alma”, escreveu o amigo do ator.

Veja também

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Quem escreve

Barbara Lira

Bárbara Lira é uma jornalista recém-formada que sempre foi apaixonada por escrever boas histórias. Amar e ser realizada no trabalho é o mais importante para ela. Seu objetivo é evoluir um pouco a cada dia, para conquistar cada vez mais espaço e notoriedade no mercado.

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários