Record

BandRecord

“Calote”, Band e Record entram em guerra multimilionária e Edir Macedo recebe a pior notícia nos tribunais

Faustão teria batido o pé para que Band não renovasse com igreja - Reprodução
Faustão teria batido o pé para que Band não renovasse com igreja – Reprodução

A emissora do Morumbi teve a primeira vitória na justiça contra o dono da Record

Se a disputa pela audiência e as alfinetadas por trás das câmeras já não fossem o bastante entre Band e Record, a emissora do Morumbi entrou com uma ação judicial contra Edir Macedo e o bispo da Igreja Universal acabou sofrendo um revés nos tribunais.

Depois do Grupo Bandeirantes mover um processo contra a instituição religiosa por falta de pagamentos referente ao aluguel da programação do canal 21, o dono da Record teve o pedido de embargo do processo negado.

A intenção dos advogados da Universal era de impedir que a Band cobrasse a dívida de 22 milhões na justiça, por conta de divergências no contrato entre as duas partes, mas o juiz do caso negou o pedido e o processo continua tramitando pelo Tribunal de Justiça de São Paulo.

Essa foi a primeira vitória da Band desde que o caso se tornou público, na semana passada. De acordo com o Notícias da TV, a Band acusa os evangélicos de não cumprirem o acordo para a venda de 22 horas da programação da Rede 21, canal UHF com penetração na Grande São Paulo. Já a Universal afirma que a Band não cumpriu com o acordado e que processou a parceira comercial primeiro.

Band e o proprietário da Record são parceiros comerciais desde 2013, o grupo de Johnny Saad frequentemente costuma alugar parte da grade de programação de seus canais para a igreja do Bispo, no entanto, a relação estremeceu no final de 2021.

Veja também

Edir Macedo e seu império foram alvos de diversas denúncias ao longo de 4 décadas (Foto: Reprodução)
Edir Macedo (Foto: Reprodução)

Nos autos do processo obtidos pelo NTV, a Band alega ter sofrido um calote nos meses de dezembro e janeiro. O valor pago pela IURD para ocupar o espaço seria de R$ 5 milhões mensais.

Em fevereiro, a Band entrou com uma liminar e conseguiu derrubar a programação cedida para a Universal, no entanto, o advogados da entidade conseguiram reverter a liminar.

Na revisão dos valores, a magistrada entendeu que a quantia devida na verdade pela IURD era de R$ 8,4 milhões, dividida em duas parcelas de R$ 4,2 milhões. O valor sugerido se baseia em vendas de horários feitas por emissoras de tamanho similar que a Rede 21.

O dono da Record alega que a Band não cumpriu cláusulas contratuais importantes, como o investimento em expansão do sinal da Rede 21 pelo Brasil. Além disso, a defesa de Edir Macedo aponta que a pandemia de coronavírus reduziu a arrecadação nos últimos dois anos, o que torna o atual compromisso financeiro inviável.

VÍDEO YOUTUBE: TRAIÇÃO- Famosa atriz da Globo com ator CASADO com apresentadora; ela descobriu

Quem escreve

Erick Martins

Recém formado em jornalismo, costumo escrever sobre programação de TV, esportes, bastidores e tudo que engloba o mundo dos famosos de maneira leve e direta.

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários