Rodrigo Bocardi

Rodrigo Bocardi

Bocardi perde a paciência com explicações e bate boca ao vivo com entrevistado: “Fim da linha”

Rodrigo Bocardi no comando do Bom Dia SP (Foto: Reprodução)
Rodrigo Bocardi no comando do Bom Dia SP (Foto: Reprodução)
Bocardi perde a paciência e bate boca com entrevistado
Ao entrevistar autoridade no Bom Dia SP, Rodrigo Bocardi perdeu a paciência na manhã dessa quinta-feira (28) (Foto: Reprodução)

Rodrigo Bocardi, à frente do Bom Dia SP, perdeu a paciência ao entrevistar autoridade e discutiu ao vivo com entrevistado na Globo

Rodrigo Bocardi perdeu a paciência na manhã dessa quinta-feira (28) ao falar sobre a reabertura gradual planejada pelo Governo para o estado de São Paulo. Por videoconferência, ele entrevistou o secretário de Desenvolvimento Regional Marco Vinholi e fez duros questionamentos à autoridade durante a exibição do Bom Dia SP.

Depois da breve introdução, Bocardi já entrou com ênfase na questão que interessava ao programa. “Conversamos com vários prefeitos da região metropolitana, e a maioria está descontente por ter colocado São Paulo um passo à frente. O que foi que aconteceu?”.

+ De forma inesperada, Fernanda Gentil ocupa lugar de Zeca Camargo e vira apresentadora do É de Casa

Veja também

+ Ellen Rocche dá fim em noivado, cancela casamento e bloqueia o ex em meio a brigas: “Nada bem”

Marco Vinholi justificou que os 60 dias de quarentena feitos pelo Estado tinham ajudado a fazer com que a situação progredisse, e que o número de leitos havia triplicado nesse período. O secretário disse que os números estavam errados, e que a situação de região metropolitana era pior do que a da cidade de São Paulo.

BATE BOCA AO VIVO

Rodrigo Bocardi então se valeu de dados do próprio Governo e atacou. “Não estamos falando de enfermaria. Estamos falando de UTI, que é onde a pessoa chora, e a mãe não vê, é o fim da linha. Por que até uma semana atrás o governador João Dória estava falando em colapso do sistema de saúde, e agora ele fala em reabertura?”

Rodrigo Bocardi continuou, já visivelmente irritado: “E tem mais. Já que se fala tanto em ciência, porque a gente já tem previsão de reabertura de shoppings, mas nem se ouve falar em abertura de escolas? O que aconteceu que as coisas mudaram tão rápido?”

Após Marco Vinholi tentar argumentar que o isolamento social havia dado tempo para a criação de mais leitos e que a reabertura estava sendo discutida com todas as áreas, o apresentador afirmou que ia insistir na questão.

“Desculpa, eu não estou convencido. Exibimos reportagens aqui dizendo que o sistema ia entrar em colapso. Por que houve uma mudança tão drástica? Não adianta me falar que foi o tempo, tô falando coisa de 10, 5 dias. A população precisa entender a verdade, a realidade, o que está acontecendo, precisamos saber se o que foi dito lá atrás tinha valor”, concluiu com ênfase Bocardi.

Veja agora: Apresentador galã de TV dá basta e resolve se assumir gay de vez: veja fotos   

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários