Jair Bolsonaro

Bolsonaro recebe provocação em rede nacional após guerra com Bonner ser escancarada: “Não mencionem”

Jair Messias Bolsonaro (Foto: Isac Nóbrega/PR)
Jair Messias Bolsonaro (Foto: Isac Nóbrega/PR)

Jornalistas criticaram fala do presidente que disse que a pandemia está em seu “finalzinho”

Após o aumento de casos de contaminados pelo Coronavírus e com o país chegando ao exorbitante número de 180 mil mortes, o Jornal Nacional, na noite desta última quinta-feira (10/12), decidiu dar uma “cutucada” em Bolsonaro após uma de suas diversas falas polêmicas dita nos últimos dias.

Em discurso realizado no Rio Grande no Sul na tarde do dia 10, o presidente da república declarou que o país está chegando ao “finalzinho da pandemia” e que o Brasil foi um dos melhores países ao lidar com a doença: “Devemos levar tranquilidade à população e não o caos. O que aconteceu no início da pandemia não leva à nada. Lamentamos as mortes profundamente e assim sendo, vamos vencendo obstáculos”.

+Silvio Santos tem testamento exposto com valores bombásticos de herança entre Silvia, Rebeca, Patrícia e filhas

+Renata Vasconcellos, casada, após ser pega com novinho em praia, tira maiô e explode: “Ficou nua?”

Após a exibição do pronunciamento, a âncora Ana Luiza Guimarães chamou Alan Severiano para trazer as atualizações do caso de Covid-19 que deixou claro as inverdades de Bolsonaro: “O que os dados nos mostram é que a única coisa perto do fim é o ano. Estamos em dezembro, olha só… A pandemia, infelizmente, não dá sinais de que está terminando”, disse o jornalista que ainda declarou: “Se estivesse acabando, as curvas de caso e de mortes estariam em queda, chegando perto do zero. E o que a gente vê é que está tudo subindo”.

GUERRA COM BONNER 

A cutucada aconteceu exatamente no momento em que William Bonner reascendeu a velha rivalidade contra a família Bolsonaro. No inicio da semana, o âncora noticiou o desdobramento do caso das rachadinhas do filho do presidente, Flávio Bolsonaro. O problema é que o programa havia sido proibido em liminar de mencionar o fato. A situação gerou revolta entre o público que acusou a justiça de censurar a imprensa.

+Geraldo Luís, jogado na Record, vai ao canal e ouve desaforo de apresentador: “Trabalhando pra pagar seu salário”

Essa não é a primeira vez que o político foi atacado pelo JN e Bolsonaro já declarou desaprovar o jornalismo da Globo, inclusive excluindo a emissora de inúmeras coletivas de imprensa.

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Fabricio Miranda