Celebridades Jair Bolsonaro

Bolsonaro tem filho envolvido em assassinato cruel e desabafa: “Chateado”

Carlos, filho de Bolsonaro, durante a posse presidencial (Foto: Reprodução)
Carlos, filho de Bolsonaro, durante a posse presidencial (Foto: Reprodução)

Jair Bolsonaro foi pego de surpresa com a notícia de que o filho está envolvido em um assassinato e surpreendeu com desabafo sobre caso

O presidente Jair Bolsonaro foi envolvido recentemente em suspeitas em relação ao assassinato da vereadora Marielle Franco, que aconteceu ano passado. Isso porque um porteiro afirmou que o presidente autorizou a entrada de um dos suspeitos pelo crime em sua casa no dia do assassinato, fato que foi noticiado no Jornal Nacional.

Para provar que o porteiro estava mentindo, no dia seguinte, o vereador Carlos Bolsonaro, filho do presidente, exibiu os áudios do condomínio onde morava Bolsonaro na época do crime. Dias depois, o próprio líder máximo do executivo nacional afirmou ter pegado os áudios na portaria antes da reportagem do JN ir ao ar.

Segundo o site O Antagonista, está sobre a mesa de Alexandre de Moraes um pedido do PT para realização de busca e apreensão sobre Carlos Bolsonaro. Isso porque o partido “aponta obstrução de Justiça no acesso aos registros do condomínio onde ingressou, no dia da morte de Marielle Franco, Élcio Queiroz, um dos suspeitos de executar o homicídio”.

O presidente Jair Bolsonaro (Foto: Divulgação)
O presidente Jair Bolsonaro (Foto: Divulgação)

Revoltado com a notícia, o presidente Jair Bolsonaro se revoltou com a informação de que o PT está mirando em Carlos Bolsonaro e afirmou estar chateado com a pressão para cima de sua família ao relacioná-lo à morte de Marielle. “Vi uma matéria no site O Antagonista que o PT quer uma busca e apreensão na casa do meu filho”, iniciou ele.

“O pessoal pensa, o que é busca e apreensão? Está metido com que coisa de errado? Eles querem saber se tem alguma ligação com o caso Marielle. Não conseguiram nada comigo, vão para cima de um filho meu agora. É muita marola e isso deixa a gente chateado”, prosseguiu o presidente ao chegar no Guarujá.

“O que eu tenho a ver com a morte dessa senhora? Nada a ver. Inclusive, no mesmo dia que a matéria foi veiculada, que nem deveria ser veiculada, diz que estava em Brasília. Tem 150 pessoas morando no meu condomínio. Se alguém rouba uma galinha lá, vão me acusar de ter feito uma galinhada em casa”, finalizou ele.

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Fernando Lopes

Escreve sobre televisão desde 2013.