Bruno Gagliasso Especiais

Brincadeiras de Leonardo e Bruno Gagliasso passam dos limites e acabam gerando graves consequências

Leonardo, Bruno Gagliasso e Gusttavo Lima (Foto: Montagem/TV Foco)
Leonardo, Bruno Gagliasso e Gusttavo Lima (Foto: Montagem/TV Foco)

Leonardo, Bruno Gagliasso e Gusttavo Lima passaram dos limites em brincadeiras que pararam na internet e os internautas não perdoaram. De descontração, declarações e cliques, viraram uma verdadeira polêmica.

Leonardo e desembargador de SC em vídeo polêmico (Foto: Reprodução)
Leonardo e desembargador de SC em vídeo polêmico (Foto: Reprodução)
Leonardo

O cantor Leonardo foi flagrado em um vídeo polêmico ao lado de um desembargador do Estado de Santa Catarina, que faz uma grave ameaça às mulheres. Trata-se de Jaime Machado Junior, que menciona o nome de cinco juízas e anuncia que irá “comer” todas elas com o cantor.

“Nós vamos aí comer vocês. Ele segura e eu como”, disparou, sem que Leonardo dissesse uma palavra para se contrapor. Ele parecia concordar com tudo que era dito, e ainda deu risada no final das imagens, juntamente com o colega. O vídeo omite os nomes das vítimas. Após a gravação ter vazado, Machado postou outro vídeo, afirmando que se tratava de uma “brincadeira” com amigas juízas do município de Lages (SC).

“Esse vídeo foi para outra conotação. Primeiro, não publiquei o vídeo em lugar nenhum. Remeti para elas e alguém menos avisado lançou isso e caiu nas redes. Se eventualmente ofendi alguém ou se tiver outra interpretação, peço perdão. Quem me conhece sabe que sou irreverente, expansivo e que eu jamais faria uma coisa dessas de verdade. Na verdade, fiz de brincadeira com minhas amigas que pediram mensagem com o cantor”, declarou.

Toda repercussão do caso foi noticiada em diversos veículos de comunicação e o perfil de Leonardo foi bombardeado de críticas. “Você precisa se explicar. Acabei de assistir um vídeo nojento com a sua participação”, disparou uma fã. “Bem triste da tua parte uma falta de respeito com as mulheres que você se prestou. Menos uma fã”, lamentou outra. Já uma terceira se revoltou: “Deveria pedir desculpa pelo vídeo”.

Bruno Gagliasso segue internado (Foto: Reprodução/Globo)
Bruno Gagliasso segue internado (Foto: Reprodução/Globo)
Bruno Gagliasso

Usuários do Twitter acusaram Bruno Gagliasso de machismo e homofobia depois que publicações antigas do ator foram resgatadas no Twitter, por volta de julho de 2018. Tudo começou quando o artista promoveu um boicote a Júlio Cociolo por causa dos comentários preconceituosos feito pelo youtuber durante a Copa da Rússia, quando declarou que o jogador Mbappé, negro, faria “uns arrastão top na praia”.

O marido de Giovanna Ewbank, então, escreveu no Twitter: “Você tem noção do que são 11 milhões e 200 mil pessoas? Eu ajudo. É a população inteira da Bélgica. É um milhão a mais do que a população de Portugal. São 143 Maracanãs lotados. São todas as pessoas que ainda estão apoiando diretamente um influencer assumidamente racista”. A partir disso, o artista começou a promover um verdadeiro boicote a Júlio, pedindo que empresas parassem de patrociná-lo.

Foi aí que os internautas acabaram encontrando publicações polêmicas de Bruno Gagliasso. Ele havia ridicularizado homossexuais no passado, chamando-os de “viados”, com piadinhas homofóbicas. “Papai noel é boiola porque vive com o saco na mão anda com um monte de viado e sempre aparece na noite de dia 24”, disparou ele em um post de 2009.

Logo depois, o ator começou a pagar na mesma moeda que cobrou o youtuber e uma instituição acabou desvinculando o nome do artista à sua marca. A Prefeitura do Rio de Janeiro divulgou um comunicado à revista Quem, anunciando que ele não seria mais garoto-propaganda da campanha municipal contra a LGBTfobia, além de ataques e posicionamentos de fãs. Ele, claro, se desculpou por toda a polêmica.

Gusttavo Lima (Foto: Instagram / Reprodução)
Gusttavo Lima (Foto: Instagram / Reprodução)
Gusttavo Lima

O cantor Gusttavo Lima dividiu opiniões na internet ao postar, no dia 22 de fevereiro de 2018, um vídeo em que aparece segurando uma arma e, em seguida, faz um disparo. O vídeo, é claro, foi duramente criticado.

“Hoje em dia no Brasil só está desarmado o cidadão de bem. Revogação do Estatuto do desarmamento já… Nossas família e nossas casas protegidas, Barrett.50… Tarde no clube de tiro #bolsonaro2018 @jairmessiasbolsonaro”, escreveu o artista na legenda.

Os seguidores, claro, não deixaram barato: “7 anos sendo sua fã admirando seu caráter pra chegar em 2018 e você me faz uma decepção dessas, Nivaldo”, disse uma fã decepcionada. “Nossa, muito desnecessário isso, vai propagar tanta violência, pior do que já tá”, disse outro. “Não acredito que você fez esse post, amore, melhore”, disse outro.

SIGA O TVFOCO NO INSTAGRAM E FIQUE POR DENTRO DE TUDO! CLIQUE/TOQUE AQUI.

ANÚNCIOS

ANÚNCIOS

Comentários recentes

CONHEÇA

ASSISTA!

;