TV Foco

“Canavial de Paixões” reestreia hoje no SBT

O SBT reestreia na noite desta terça-feira (17), logo mais às 20h, “Canavial de Paixões”. A novela, que fez grande sucesso em 2003, está de volta à grade da emissora paulista durante o período de Horário Eleitoral Gratuito.

Gustavo Haddad e Bianca Castanho
Divulgação/SBT

 

Protagonizada por Bianca Castanho e Gustavo Haddad, “Canavial de Paixões” conta a história de Amador (Vitor Fasano), Teresa (Débora Duarte), Fausto (Jandir Ferrari) e Débora (Cláudia Ohana) e da geração seguinte, no qual Clara, Paulo, Mirela (Ana Cecília Costa) e João de Deus (Thierry Figueira) fazem parte. A fictícia usina da família Giácomo é o pano de fundo dessa história.


A história

Amador, em seus tempos de juventude, teve um romance com Débora, que anos mais tarde veio a se casar com Fausto. Clara é o fruto do romance entre o casal apaixonado. Amador, melhor amigo de Fausto, casa-se com Teresa, e dessa relação nasce Paulo. Insegura, Teresa sente ciúmes de Amador mas tolera suas traições – exceto quando suspeita de que Débora seja a sua amante.

Paralelo a isso, Raquel (Helena Fernandes), irmã de Débora, se apaixona por Fausto e faz de tudo para tê-lo. Uma das armas da megera é envenenar o usineiro contra sua mulher. Verdadeira amante de Amador, ela convence o milionário a abandonar Teresa e Paulo e a fugir com ela. Na noite em que a fuga ocorre, Débora descobre todo o plano e tenta impedir a irmã de cometer o ato. Ela a tranca no quarto e vai ao encontro de Amador com intuito de tirar satisfações do que ele pretendia fazer. Numa forte chuva, Débora vai à estrada em que Amador está aguardando por Raquel. Ela entra no carro do empresário e os dois começam a discutir enquanto trafegam pela estrada. Em um determinado momento, Amador perde o controle do carro, que capota em um trágico acidente, no qual morre junto com Débora.

As circunstâncias da morte de Débora e Amador fazem com que Teresa tenha certeza de que o marido estava lhe traindo para fugir com a mulher de que mais sentiu ciúmes. Amarga, ela transfere todo o ódio que sente por Débora à pequena Clara. Para acabar com a amizade de Paulo com Clara, e também com João de Deus e Mirela, Teresa manda o filho para São Paulo.

Quinze anos se passam e Paulo retorna à cidade em que passou a infância. Com poucas recordações, ele vê Clara, agora uma mulher, e se apaixona por ela sem saber que o tempo não fez com que sua mãe esquecesse a suposta falta de caráter de Débora. Nesse meio tempo, Fausto se casa com Raquel e se torna um homem frio e que se recusa a dar atenção à filha, antes tão amada, por acreditar não ser o pai dela – e sim Amador.

Audiência

Com um romance, maldades, drama, injustiça e romance, “Canavial de Paixões” teve média de 14 pontos em sua primeira exibição. A reprise de 2005 oscilava entre 7 e 8 pontos de média – índices que não eram considerados altos, porém satisfatórios para o horário.

Personagens principais

Bianca Castanho – Clara
Gustavo Haddad – Paulo
Thierry Figueira – João de Deus
Ana Cecília Costa – Mirela

Participação Especial:
Vitor Fasano – Amador
Cláudia Ohana – Débora

Débora Duarte como Teresa

Helena Fernandes – Raquel
Jandir Ferrari – Fausto
Jonas Mello – Padre Antônio
Oscar Magrini – Agenor
Wanda Stefânia – Remédios
Patrícia Mayo – Amália

Natelinha

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Redação TV Foco