Carne podre, flagra da Vigilância e R$2 milhões em dívidas: A falência de açougue tradicional após escândalo

14/06/2024 às 10h45

Por: Kelly Araújo
Imagem PreCarregada
Açougue tradicional chega ao fim por escândalo - Foto: Internet

Existem vários motivos que levam as empresas a irem ao fundo do poço, incluindo a falta de um plano de negócios, acompanhamento das necessidades do mercado e do público. Dessa vez, por exemplo, falaremos a respeito da falência de um açougue tradicional após uma grande polêmica.

Para quem não sabe, estamos falando a respeito do fim da Casa de Carnes Vargas, açougue de Cuiabá que era especializado em “cortes gourmet”. Vale dizer ainda que, a responsável por decretar a falência do empreendimento foi a juíza da 1° Vara Cível de Cuiabá, Anglizey Solivan de Oliveira.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Antes de qualquer coisa, é importante ter em mente que a empresa era uma das queridinhas do segmento. As carnes bovinas, inclusive, são ricas em nutrientes que são essenciais para o bom funcionamento do organismo, como por exemplo, os minerais e as vitaminas lipossolúveis. Além disso, ainda contam com uma enorme quantidade de ferro, zinco e as vitaminas B6 e B12, super benéficas para o corpo humano.

Cerne (Foto: Reprodução / Canva)
Carne (Foto: Reprodução / Canva)

Mas, voltando ao caso, informações do portal Folha Max, o açougue estava atolado em dívidas de R$ 2 milhões. Além disso, é importante dizer que, no ano de 2023, eles acabaram sendo flagrados em uma grande polêmica. Na ocasião, a Vigilância Sanitária identificou que o estabelecimento possuia nada mais, nada menos do que 825 quilos de “carne podre”.

Continua após o Veja Também

Veja também

O decreto de falência veio pelo fato do açougue não ter conseguido superar as dívidas. Ainda de acordo com o Folha Max, um dos credores chegou a apresentar uma proposta para arrendar a massa falida e assim dar continuidade ao negócio. Porém, essa estratégia acabou não dando certo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O estabelecimento foi interditado e teve a falência decretada - Foto: Montagem
O estabelecimento foi interditado e teve a falência decretada – Foto: Montagem

“O comando falencial no tempo é de suma importância à proteção do ativo, por conseguinte, dos direitos e interesses do colégio de credores, e se impõe frente ao descumprimento da norma legal e ausência de viabilidade da atividade econômica.”, destacou a juíza.

Diante disso, os bens da empresa foram usados para o pagamento de credores com prioridade aos trabalhadores e tributos federais. Na sequência são pagas as hipotecas, penhoras, os credores quirografários, além de acionistas e sócios. Vale lembrar que tudo isso é previsto em lei.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ao procurar manifestações ou notas oficiais da empresa a respeito do ocorrido, as mesmas não foram encontradas, porém o espaço permanece sempre aberto caso desejar expor a sua versão dos fatos.

Casa de Carnes Vargas (Reprodução/Facebook)
Casa de Carnes Vargas (Reprodução/Facebook)

Qual a diferença entre falência e recuperação judicial?

Segundo informações do portal Vem Pra Dome, ambos os institutos têm como objetivo a satisfação de dívidas de uma empresa. Contudo, a principal diferença está na continuidade ou não do empreendimento.

No caso da recuperação judicial, se ganha tempo para recuperar a capacidade de gerar resultados na empresa. Por outro lado, na falência, não existe a reestruturação do negócio e ele acaba fechando as portas.

A ideia por trás da recuperação judicial é manter o negócio ativo, gerando empregos e possibilitando que a empresa consiga pagar as suas dívidas. Na falência, ocorre o encerramento do negócio, que é considerado irrecuperável.

🚨 Globo desesperada com farsa de Davi + Ator de Pantanal morre + SBT confirma GERAL no canal    

à beira da falência
Açougue
Vigilância Sanitária
Kelly Araújo

Autor(a):

Eu sou Kelly Araújo, formada em Biologia pelo IFCE e atualmente estudo Engenharia de Produção Civil na mesma instituição. Escrevo sobre televisão e o universo dos famosos desde o ano de 2014. Sou apaixonada por falar sobre os bastidores da TV, gosto de acompanhar a vida dos famosos nas redes sociais e amo assistir um reality show de confinamento. Minhas redes são: Email: [email protected]

Botão de fechar
Utilizamos cookies como explicado em nossa Política de Privacidade, ao continuar em nosso site você aceita tais condições.