Celebridades

Celebridades

CNN demite em massa, joga funcionários no olho da rua e expõe motivo cruel: “Demitidos”

Estúdio de telejornal da CNN (Foto: Reprodução)
Estúdio de telejornal da CNN (Foto: Reprodução)

Após a demissão em massa, o canal emitiu uma nota e justificou a causa para o desfecho

Em meio à pandemia de Covid-19, as emissoras se viram na obrigação de tomar medidas urgentes para darem continuidade ao trabalho. Além das medidas sanitárias, a CNN foi uma das que seguiu na risca as recomendações para prevenir a propagação da doença.

O fato é que o canal norte-americana passou o pano de vez e demitiu três de seus funcionários. O motivo? Os funcionários não foram vacinados contra a enfermidade e mesmo assim, compareceram nos estúdios para trabalhar.

Segundo à revista Variety, o presidente da CNN, Jeff Zucker, disse aos funcionários que a vacinação contra a covid-19 é obrigatória para a volta ao trabalho. Dessa forma, aqueles que não cumprirem a ordem, como foi caso dos ex-funcionários, serão dispensados da emissora.

“Na semana passada, fomos informados que três funcionários estavam entrando no escritório sem estarem imunizados. Todos os três foram demitidos”, disse o presidente do canal.

“Você precisa estar vacinado para vir ao escritório, e você precisa estar vacinado para trabalhar nas ruas, com outros funcionários, independente de entrar ou não no escritório”, completou o representante da CNN.

Veja também

CNN passa o pano e demite em massa - Foto: Reprodução
CNN passa o pano e demite em massa – Foto: Reprodução

ALERTA

É importante destacar que os Estados Unidos estão vivendo um momento de alerta após os números de infectados voltarem a subir no país em decorrência da variante delta do coronavírus.

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Assuntos

Cnn

Quem escreve

Kelves Araújo

Kelves Araújo, cearense, é redator do TV Foco desde 2019, responsável por cobrir o mundo das celebridades internacionais no site.

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários