Colunas

Coluna Sem Sinal: escolhas “capengas” ainda marcam o Troféu Imprensa

O apresentador Silvio Santos no Troféu Imprensa 2019. (Foto: Reprodução)
O apresentador Silvio Santos no Troféu Imprensa 2019. (Foto: Reprodução)

Ontem (28) foi exibido no SBT mais uma edição do Troféu Imprensa. No entanto, assim como nos anos anteriores, a premiação foi marcada por algumas escolhas “capengas” dos candidatos ao prêmio.

Isso porque os três indicados em cada categoria as vezes não fazem sentido de estarem ali, o que prejudica a premiação como um todo. Para citar como exemplo, a indicação de Patrícia Abravanel como melhor apresentadora, sendo que no ano passado ela quase não trabalhou como apresentadora, fato este que foi duramente criticado.

+ Mara Maravilha exalta apresentadora do SBT após vitória no Troféu Imprensa: ‘Muito merecido’

Silvio Santos no Troféu Imprensa (Foto: Reprodução/ SBT)
Silvio Santos no Troféu Imprensa (Foto: Reprodução/ SBT)

É claro que não existem muitas opções, mas porque não Ana Maria Braga, que assim como Silvio Santos tem a incrível capacidade de se renovar a cada dia e toda semana é notícia e gera enorme repercussão?

Outro exemplo foi na categoria Humor, que colocaram Zorra, Escolinha do Professor Raimundo e A Praça é Nossa e esqueceram o Tá no Ar, que provavelmente ganhará no ano que vem se for selecionado né? É preciso uma melhor apuração nessas escolhas, já que elas podem ser mudadas até a data da premiação pela produção, já que os votos são dados ao vivo lá na hora e não previamente, como acontece com a votação do Prêmio Internet.

As opiniões expressas aqui são de responsabilidade do autor do texto, e não refletem a opinião do site TV Foco.

SIGA O TVFOCO NO INSTAGRAM E FIQUE POR DENTRO DE TUDO! CLIQUE/TOQUE AQUI.

ANÚNCIOS

ANÚNCIOS

Comentários recentes

CONHEÇA

ASSISTA!

;