TV Foco

Dinho, da Mamonas Assassinas, volta em carta psicografada e dá detalhes do dia em que morreu

Dinho, da Mamonas Assassinas, voltou em uma carta psicografada emocionante

A banda Mamonas Assassinas sofreu um grave acidente de avião em 1996, matando todos os tripulantes da aeronave. Recentemente, o vocalista do conjunto, Dinho, voltou do mundo dos mortos em uma carta psicografada emocionante sobre a sua morte.

O site que possibilitou a divulgação dessa carta foi o Cinema na Floresta e o médium que psicografou o integrante da Mamonas Assassinas foi o Lino Zechetto.

+William Bonner fala o que não deve sobre a Amazônia e revolta população brasileira: “Não tem vergonha”

A carta

não esperem por mim ‘

“se eu parti assim

é porque precisei

se não, irmãos

não iria desse modo

não pegava o avião

atrasava o show

repetiria eternamente o bis

mas, não entrava

ninguém [ da Mamonas Assassinas ] entrava no avião

minha vida na terra foi boa

não deixou a desejar

amei a todos

muitos me amaram

os que comigo partiram

creiam, estão comigo até hoje

e aqui, onde estamos

realizamos [ Mamonas Assassinas ] nosso trabalho

compomos, cantamos

trabalhamos muito

mas nos divertimos e aprendemos bastante

aqui , onde tudo é perfeito

temos muitas pichulas que admiram a gente

Record deve lançar nova série sobre o grupo Mamonas Assassinas. (Foto: Reprodução)
Record deve lançar nova série sobre o grupo Mamonas Assassinas. (Foto: Reprodução)

brasília amarela com rodas gaúcha

não temos não

podemos ir e vir

nos deslocamos pra qualquer lugar

e olhem só

sem o avião cair!

é, o tempo passou, passou…

e eu cá estou me divertindo

às custas da tragédia que fez a mim

e a todos chorar

triste final de semana

não gosto nem de lembrar

se estou falando assim desse jeito

é porque trago no peito

baita vontade de chorar

não pelo que passou

pois muito bem me encontro e estou

também falo pelos outros amigos

o choro é de alegria, nostalgia

e que se aqui cantamos, contagiando

muita gente

sei que agora

podemos nos apresentar para vocês também

“vira, vira, vira

nos mandaram para cá

oramos, rezamos

não encontramos ninguém …”, disse Dinho, da banda Mamonas Assassinas.

TV Foco no Youtube

Sobre o autor

Arthur Farias