TV Foco

Diretor da Globo é condenado por suposto ato racista

http://unitmagazine.com/blog/wp-content/uploads/2009/08/wolf-maya.jpg

Wolf Maya está passando por um momento delicado em sua carreira. O ator e diretor da Globo foi condenado a dois anos e dois meses de prisão pelo crime racismo contra um técnico de iluminação que trabalhou em uma de suas peças.

De acordo com o jornal “Folha de S. Paulo”, a condenação, em primeira instância, foi definida pelo juiz Abelardo de Azevedo Silveira, da 2ª Vara Criminal de Campinas (SP). Maya foi condenado por ter ofendido Denivaldo Pereira da Silva ao chamá-lo de “preto fedorento que saiu do esgoto com mal de Parkinson”.

Entretanto, ao contrário do que se poderia imaginar, o diretor não será preso. A pena de prisão foi substituída pelo pagamento de 20 salários mínimos (R$ 10,9 mil) e período de trabalho comunitário a ser definido.

Ainda de acordo com a publicação, a defesa de Wolf Maya negou qualquer ato com conotação racial e disse que o técnico só resolveu fazer as denúncias porque o diretor fez críticas ao trabalho dele.

Portal PS

Participe agora do grupo do TV FOCO no Telegram e receba tudo sobre BBB - Clique aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Redação TV Foco