Fez História

Fez História

Transmissores lacrados e arrancada do ar: O triste fim de emissora de TV amada após séria descoberta

Emissora de TV que fez sucesso teve triste fim após descoberta inédita (Foto: Reprodução Internet)
Emissora de TV que fez sucesso teve triste fim após descoberta inédita (Foto: Reprodução Internet)

Emissora de TV que fez sucesso teve triste fim após descoberta inédita

No Brasil já existiu diversas emissoras de TV que não estão mais em funcionamento, algumas delas com histórias bem curiosas.

Em 2001, a APAEB (Associação de Agricultores e Pecuaristas da Bahia) lançou o projeto TV Itinerante Valente, uma iniciativa que produzia reportagens em vídeo focalizadas na vida no campo.

Esses vídeos eram exibidos por meio de telões instalados em praças públicas tanto na sede quanto na zona rural do município de Valente. Com o apoio financeiro da organização não governamental belga Volens em 2003, o projeto se transformou em uma produtora responsável pela criação do “Jornal de Valente,” um telejornal veiculado na TV Cultura do Sertão, em Conceição do Coité.

Esse programa era produzido em parceria com a equipe da Valente FM, uma estação de rádio local. No mesmo ano, a APAEB e a Associação Comunitária de Comunicação e Cultura Valente, responsável pela rádio local, uniram forças para criar uma emissora de televisão local.

Em setembro de 2003, a TV Valente entrou no ar, operando no canal 7 VHF e retransmitindo a programação da TVE Bahia. O “Jornal de Valente” também passou a ser transmitido na nova emissora. Além disso, aos sábados, a emissora apresentava o programa de variedades “Alto Astral,” que era conduzido por Peu Gordiano e contava com a participação de artistas locais.

Veja também

Entretanto, na manhã de 13 de junho de 2007, a TV Valente foi retirada do ar devido a uma fiscalização realizada por agentes da Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL). Eles constataram a falta de autorização para operar, o que levou ao lacramento e apreensão dos equipamentos da emissora.

Após o desligamento da TV Valente, a APAEB manteve a estrutura de produção dos programas como uma produtora audiovisual e continuou a tentar obter a autorização necessária para retomar as atividades de televisão aberta. No entanto, a emissora nunca mais voltou ao ar.

A história da Emissora de TV Valente - Foto Reprodução Internet
A história da Emissora de TV Valente – Foto Reprodução Internet

QUAL A OUTRA EMISSORA QUE TEVE FIM VEXATÓRIO?

Uma emissora de TV enfrentou uma forte crise, o que culminou na demissão em massa de seus funcionários, por conta de seu fiasco na audiência e teve o seu sinal encerrado, de maneira surpreendente.

+ Famosa faz sexo or@l no palco, coloca microfone no @nus e perde as estribeiras em avião ao tirar as calças 

Fundada no dia 17 de abril de 2007, pelo empresário Nelson Tanure, a TV Jornal do Brasil, mais conhecida como JB, inaugurou às 18H de uma terça-feira e tinha a ideia de apresentar programas de alto nível.

Mas, apesar de parecer tudo caminhar bem, já no mês de maio passou a enfrentar problemas e os funcionários passaram a fazer reclamações por conta da situação financeira da emissora. Para  ler a matéria completa clique aqui!

Logo da TV Jornal do Brasil, mais conhecida como TV JB - Foto: Reprodução/Internet
Logo da TV Jornal do Brasil, emissora que foi à falência – Foto: Reprodução/Internet

🚨 Davi vai ser expulso no BBB24? + Ivete é INTERNADA + Jojo é traída e se VINGA

NOS SIGA NO INSTAGRAM

Logo do TvFoco

TV FOCO

📺 Tudo sobre TV e Famosos que você precisa saber.

@tvfocooficial

SEGUIR AGORA

Quem escreve

Felipe Henrique

Eu sou o Felipe Henrique, Tec. de Enfermagem por formação e Redator Web por paixão. Adoro cobrir o mundo das celebridades e estou sempre antenado com os últimos acontecimentos, já passei por diversos sites do segmento. Gosto de comentar a vida dos famosos e escrevo aos finais de semana sobre os mais diversos assuntos. Meu e-mail é: [email protected] Minhas redes sociais são: