Opinião

Expulsa de palco, mico na Record e fama de “coxinha”; as curiosidades de Wanessa Camargo

Wanessa Camargo (Foto: Divulgação)

Wanessa Camargo está na mídia desde os anos 90, quando começou a lançar seus primeiros álbuns. No entanto, sua fama foi de altos e baixos durante parte desses anos, desde então, já que a carreira da cantora foi marcada por algumas polêmicas.

Paralelo a isso, sua música foi mudando ao longo dos tempos e o seu estilo musical acabou se tornando algo instável. Ela começou com canções românticas, passou pelo pop internacional, reggaeton, apelou para o sertanejo, e voltou ao pop brasileiro.

A seguir, vamos relembrar alguns fatos que marcaram a sua carreira. Confira:

INSTABILIDADE ARTÍSTICA

Wanessa Camargo não mantém uma identidade sólida na sua persona artística e já foi alvo de controvérsias. Além da frequente mudança de estilos musicais, ela já chegou a mudar o nome duas vezes, tirando o Camargo quando começou a mirar na carreira internacional e voltando com ele na era sertaneja.

Wanessa Camargo. (Foto: Divulgação)

Isso sem falar no cabelo, que muda do loiro para o preto quando o público menos espera, causando estranheza imediata.

FAMA DE COXINHA

Após ter sido uma das primeiras cantoras a apoiar a causa LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transexuais) e contar com uma carreira voltada para esse público durante muito tempo, a cantora surpreendeu ao declarar publicamente o seu apoio ao candidato Aécio Neves (PSDB) à Presidência.

Wanessa em comício de Aécio (Foto: Reprodução)

Em 2014, ela foi alvo de críticas e chegou a receber ameaças de boicote devido suas preferências políticas, ainda mais depois de aparecer cantando os jingles do político nas propagandas eleitorais. Pegou mal pra ela, que ficou com “fama de coxinha”.

MICO NA RECORD

Wanessa acabou pagando o maior mico como uma das primeiras convidadas da recente versão do programa do Gugu na Record. Em 2015, ao entrar no palco, a cantora não obteve retorno do áudio, enquanto o público de casa a ouvia perfeitamente. Nas redes sociais, o vídeo viralizou e virou piada por várias semanas. Relembre:

EXPULSA DO PALCO

Em junho deste ano, ela foi uma das convidadas do festival Mikshake, em São Paulo, mas foi impedida de continuar a performance que havia planejado para a ocasião. O show teria começado com atraso e a produção pediu para que ela concluísse mais rápido que o previsto.

“Eles [a produção] querem que eu corte o show agora e ainda tenho cinco músicas para cantar. Vocês querem que eu pare ou continue?”, perguntou ela ao público, que a ovacionou. A cantora continuou sua apresentação até a produção do evento apagar as luzes.

A cantora Wanessa em protesto (Foto: Divulgação)
A cantora Wanessa em protesto (Foto: Divulgação)

Ela então sentou no palco e protestou com um violão, cantando todas as músicas que havia anteriormente planejado.

SURRA NA MADRASTA

Leo Dias noticiou em 2016, no SBT, que Wanessa teria pegado Graciele Lacerda, sua madrasta, pelo cabelo, “montado e batido nela no chão”. Zezé Di Camargo esclareceu a situação e explicou: “Sim, uma agressão covarde e inesperada. Estávamos na casa de um amigo juntamente com uns poucos amigos”.

“Foi quando Wanessa chegou de repente. Chegou por trás, sem ninguém ver, totalmente fora de si, embriagada talvez, e agrediu [Graciele] por trás. Teve um puxão de cabelo por trás e como ninguém esperava, ela caiu. Mas não passou disso”, disparou.

PROCESSO

Wanessa Camargo e Rafinha Bastos (Foto: Reprodução)

A cantora não gostou nada das afirmações de Rafinha Bastos no extinto CQC, da Band. Na ocasião, ele disse que “comeria ela e o bebê” que estava esperando. Wanessa não deixou barato e moveu um processo. Ela ganhou.

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Lucas Medeiros

Twitter: @luccasmeddeiros
Contato: lucasmedeirospaiva@gmail.com