Fábio Porchat

Fábio PorchatRecord

Fábio Porchat quebra sigilo e expõe lista de imposição de quando tinha o próprio programa na Record: “Não podia”

Fábio Porchat invade Jornal Nacional e manda recado ao vivo (Foto: Reprodução)
Fábio Porchat comenta sobre imposições da Record na sua saída em 2018 (Foto: Reprodução)

Fábio Porchat revelou detalhes sobre sua saída da Record, falta de perspectiva e repetição de convidados foram detalhes importantes

+“Doloroso estar assim”, William Bonner, fora do Jornal Nacional, explica momento delicado

+Grande ator da Globo é condenado por dívida de pensão e ex expõe situação ao público: ‘Vergonha de se expor’ 

Fábio Porchat concedeu uma entrevista ao jornalista Léo Dias e uma das pautas principais foi sua saída inesperada da Record em 2018.

O humorista tinha o ‘Programa do Porchat’, um talk show que participava ao lado de Paulo Vieira, mas que foi encerrado precocemente, dando aos dois, caminho aberto para assinar com a Globo.

Segundo Fábio Porchat, a falta de novidades, de entrevistados e perspectiva para o futuro foram fatores que o fizeram desistir da ideia de permanecer na Barra Funda:

Veja também

Fábio Porchat apresenta o talk show desde 2019 na GNT
Fábio Porchat comenta sobre saída da Record em 2018 (Reprodução – GNT)

“Quando eu tava na Record, isso em março (de 2018), quando começou a nova temporada, eu olhei pro futuro. Aí eu falei, ‘não vai dar, não vai ter mais convidado, não vai ter mais novidade’, porque eu não consigo fazer a mesma entrevista cinco vezes se não tiver nada de novo. Eu não consigo. Quando começou a repetir, eu tentava dar um outro olhar, eu ia tentando diversificar, mas eu olhei pra frente e vi que no ano que vem não daria certo.”, afirmou Fábio Porchat.

RESTRIÇÕES

Fábio Porchat também comentou sobre as imposições e restrições que a Record obrigava ele a seguir, o ator, muito conhecido por seus críticos vídeos de humor do Porta dos Fundos, disse que religião era algo que ele não podia citar.

“Não podia falar de religião. Mas isso de todas as religiões, evangélica, católica e etc. Eu acho isso ruim, a gente tinha que mostrar que o mundo é plural, o mundo tem rabinos, aiatolás, o mundo tem de tudo, todas as religiões”.

Fábio Porchat ainda finalizou dizendo que apesar de tudo, conquistou bons amigos: “A Record tem lá as mil questões dela, toda emissora tem. Lógico que a Record é uma emissora religiosa, tem a questão da moral e dos bons costumes. Mas eu tive relações ótimas lá dentro”.

VÍDEO YOUTUBE: Reviravolta! Ana Maria é cortada na Globo + Fim do SBT com baixa audiência

Assuntos

Fábio Porchat

Quem escreve

Bruno Zanchetta

O Jornalismo é a minha vida e está presente nas 24 horas do meu dia. Quando você consome uma informação e se preocupa que ela seja verídica, isso é jornalismo, quando você compartilha uma informação verdadeira, é jornalismo, quando você ensina sobre políticas sociais e consciência de classe, jornalismo. Eu particularmente sou um completo apaixonado por Jornalismo Esportivo, sou narrador e quem sabe um dia vocês ouvirão minha voz na sua televisão ou no seu rádio.

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários