Celebridades Globo

Famoso apresentador da Globo perde amigo em luta contra câncer e desabafa

Bárbara Paz e Drauzio Varella ao lado de Pedro Bial em programa na Globo (Reprodução)
Bárbara Paz e Drauzio Varella ao lado de Pedro Bial em programa na Globo (Reprodução)

Durante participação no programa Conversa com Bial, da Globo, Drauzio Varella e Bárbara Paz falaram sobre a morte do diretor Hector Babenco

A atriz Bárbara Paz e o médico, escritor e apresentador Drauzio Varella, marcaram presença no programa Conversa com Bial, apresentado por Pedro Bial na Globo, dessa terça-feira, 08, e se emocionaram ao falar sobre o diretor Hector Babenco, que faleceu em 2016, em decorrência de um câncer.

Bárbara Paz, que integra o time de contratados fixos da Globo, foi esposa de Hector Babenco. Já Drauzio Varella, que ficou famoso pelo livro Carandiru, que deu origem ao filme dirigido por Babenco, era amigo próximo do argentino.

No programa da Globo apresentado por Pedro Bial, Bárbara Paz e Drauzio Varella prestaram homenagem a Hector Babenco e relataram um pouco de suas histórias com o renomado diretor. Ainda, eles aproveitaram para divulgar o livro “Mr. Babenco – Solilóquio a dois sem um” e do documentário “Babenco – Alguém tem que ouvir o coração dizer: Parou”, que será exibido na mostra de cinema de São Paulo, em uma sessão de gala no Teatro Municipal.

Em determinada parte do programa, Drauzio Varella, que costuma apresentar quadros relacionados à saúde, no Fantástico, da Globo, falou um pouco sobre como ficou sua vida após a morte do amigo.

“O teto da felicidade, o nível da felicidade que você tinha fica um pouco mais baixo. Você não atinge mais aquele estado. Você não substitui um grande amigo por outro, mesmo que você tenha mais de 50”, afirmou o médico.
Bárbara Paz recordou o momento em que conheceu Hector Babenco, na realização de uma das edições do Festival de Literatura de Paraty.

“Conheci ele na Flip, no Festival de Literatura de Paraty, ele contando histórias de que ele era figurante e que com 17 anos ele viajou o mundo, desbravando e fumando o charuto dele e tomando o vinho dele, e uma turma de pessoas ao lado dele, e eu fiquei fascinada por aquele homem”, declarou a atriz da Globo.

“Acho que onde a gente se encontrou, onde a gente se juntou, dois sobreviventes, um pouco o espelho do outro porque eu tenho uma alma velha e me sentia muito mais velha do que eu sou”, disse. “Ele já era um homem de idade, muito sofrido, com o corpo muito machucado, mas tinha uma juventude. Era um menino, ele se via ainda, então, a gente trocou, a gente se juntou, teve uma conexão de vida mesmo. De sobrevida para ambos. Para mim, que estava um pouco cansada, e para ele um pouquinho mais de felicidade”, completou a famosa.

TV Foco no Youtube

Podcast TV Foco

ANÚNCIOS

Conheça nosso Podcast

ANÚNCIOS

site statistics