Categoria -Gloria Maria

Gloria Maria

Nascimento: 15 de agosto de 1949

Signo: Leão 

País: Brasil

Cidade: Rio de Janeiro, RJ

Gloria Maria, batizada como Gloria Maria Matta da Silva, nasceu no Rio de Janeiro e é jornalista. Filha de um alfaiate e uma dona de casa, estudou em colégios estaduais e aprendeu a falar outras línguas, como o inglês, francês e latim. É conhecida por suas reportagens explorando lugares excêntricos, grandes coberturas jornalísticas e entrevistas com famosos e personalidades.

Formada em jornalismo, na época da faculdade ela chegou a trabalhar como telefonista em empresa de telecomunicações. Em 1970, uma amiga a levou parar trabalhar na Globo como rádio escuta e em 1971 teve sua estreia como repórter marcada pela cobertura do desabamento do Elevado Paulo de Frontin.

Entre suas outras grandes coberturas, se destacam a posse de Jimmy Carter em 1977, as entrevistas com os chefes de estado na época da ditadura, no Brasil, além de conseguir burlar a segurança dos jogos olímpicos e dar com exclusividade o juramento do velocista Carl Lewis.

A trajetória da repórter foi construída na TV Globo, onde trabalhou em diversos jornais, como o “Jornal Hoje”, “Jornal Nacional”, “Bom Dia Rio” e “RJTV”. Em 1986, integrou a equipe do “Fantástico”, onde ficou de 1998 a 2007 e ganhou destaque com suas matérias sobre viagens a lugares exóticos. Gloria viajou para mais de cem países. No programa, ela também pôde entrevistar personalidades da mídia internacional como Michael Jackson, Madonna, Leonardo Di Caprio, Nicole Kidman, entre outros.

Em sua passagem pelo “Jornal Nacional”, ficou marcada sua matéria mostrando o trânsito dos carros no Rio de Janeiro, sendo a primeira repórter a entrar no ar, ao vivo, em 1977.

Em 1982, 1996, e 1998, respectivamente, cobriu a cobriu a guerra das Malvinas, a invasão da embaixada brasileira do Peru por um grupo terrorista e os Jogos Olímpicos de Atlanta, no mesmo ano e a Copa do Mundo na França.

Após sua temporada no “Fantástico”, em 2009, Gloria Maria decidiu tirar um período sabático e se dedicar a outros projetos. Foi voluntária na Índia e Nigéria, onde cuidou dos pobres. Durante essa etapa adotou suas duas filhas, Maria e Laura.

Retornou à TV Globo em 2010 e ingressou em mais uma jornada, desta vez no “Globo Repórter”, onde continuou fazendo suas viagens aventureiras e mostrando a cultura de outros povos para as pessoas.

Em outubro de 2003, relatou à revista Quem ter tido vários relacionamentos amorosos. Disse que namorou por oito anos o engenheiro austríaco Hans Bernhard, o francês Eric Auguin (de 1985 a 1991), o empresário português Frederico Fragoso e o sueco Martin Stenmarck.

Na mesma entrevista, afirmou que se casara em segredo, cinco anos antes, em uma cerimônia civil testemunhada apenas por poucos amigos. Não revelou quem havia sido o noivo. No inicio dos anos 1970, ela teve um relacionamento amoroso com José Roberto Marinho, filho de Roberto Marinho, fundador da Rede Globo.

Em junho de 2009, adotou as meninas soteropolitanas Maria e Laura, que conheceu durante visitas à Organização de Auxílio Fraterno (OAF) do bairro de Caixa d’Água.

Glória se diz interessada pela cabala. Em 2017, durante entrevista à Ana Maria Braga, ela declarou ter experimentado maconha na Jamaica, onde a erva é conhecida como ganja.

PUBLICIDADE

ANÚNCIO