Faustão

Faustão com saída antecipada em 2021, substituto definido e caos; o futuro da Globo escancarado

O apresentador Faustão, da Globo, surpreendeu - Foto: Reprodução
O apresentador Faustão, da Globo, surpreendeu – Foto: Reprodução

Faustão, que surpreendeu recentemente ao anunciar saída da Globo, pode ser dispensado antes da hora, dando espaço para o futebol

Uma das maiores dúvidas atualmente na televisão brasileira é sobre como ficará a grade em 2022, especialmente apos o anúncio da saída de Faustão, confirmado tanto pela emissora quanto pelo próprio apresentador. Isso abrirá uma vaga grande nas noites de domingo, e muitas especulações sobre um possível substituto começaram a rolar.

Uma das hipóteses mais prováveis, no entanto, é que o Domingão do Faustão não seja substituído por um programa tradicional de auditório, gênero que se consagrou nos anos 90, mas que hoje em dia não atrai mais tanto o público e só é rentável comercialmente. O grande salvador da faixa pode acabar sendo o futebol, nosso esporte preferido.

Faustão massacra Karol Conká (Foto: Reprodução)
Faustão recebeu recentemente Karol Conká (Foto: Reprodução)

Há décadas sendo exibido tradicionalmente nas tardes de domingo, o futebol pode mudar de horário para um pouco mais tarde, especialmente às 18h, atual horário de Faustão. Mais cedo, a emissora investiria, além na exibição de filmes de sucesso, em um compilado de realitys apresentados por diferentes nomes da TV brasileira.

Outras possibilidades

Esses realitys seriam títulos que já conhecemos como programas “solo”, como O The Voice Kids e o Popstar, ou também quadros do próprio Domingão do Faustão, como Show e Dança dos Famosos. Há ainda a possibilidade de a Globo antecipar essa faixa com a maior rigidez da pandemia que pode acabar tirando Faustão do ar novamente.

Participe agora do grupo do TV FOCO no Telegram e receba tudo sobre BBB - Clique aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Fernando Lopes

Escreve sobre televisão desde 2013.