Celebridades

Filho de Eliza Samudio vê mãe morta dizer onde seu corpo foi jogado e diz querer que o pai morra na prisão

O goleiro Bruno Fernandes e Eliza Samúdio (Foto: Reprodução)
O goleiro Bruno Fernandes e Eliza Samúdio (Foto: Reprodução)

Filho de Eliza Samudio desabafa com a verdade e pede morte do pai na prisão

A morte de Eliza Samudio, a mando do goleiro Bruno, ainda segue repercutindo nos dias atuais. Ela, que foi esquartejada, chegou a ter um filho com o atleta.

Atualmente, o pequeno herdeiro tem 10 anos de idade. Ao ver o pai ficando liberto, acertando contrato com time de futebol, a criança se revoltou.

Em entrevista reveladora, o filho de Eliza Samudio detonou a decisão e disse que Bruno deveria morrer preso. “No mínimo, ele deveria ficar em prisão perpétua, porque eu acho uma sacanagem tirar a vida de um ser humano. Não existe nenhum motivo que explique isso. Nenhum. Infelizmente ele é uma ameaça para a sociedade, e eu me sinto muito ameaçado com isso”, disse a criança em um áudio enviado pela avó ao site ContilNet.

Filho de Eliza Samudio com a avó (Foto: Reprodução)
Filho de Eliza Samudio com a avó (Foto: Reprodução)

Para completar, a vítima, ao que tudo indica, parece ter entrado em contato com Lene Sensitiva, conhecida por fazer diversas previsões e também pelas cartas reveladores enviadas pelos mortos.

A sensitiva revelou detalhes do que soube, por meio de um contato com Eliza Samudio, todos os detalhes sobre sua partida. Ela garantiu que o corpo dele pode nunca ser encontrado e justificou o motivo.

“Primeiro ele sufocou ela, depois cortou partes de seu corpo e depois ele jogou soda cáustica. É por isso que o corpo dela nunca será encontrado, pois o corpo dela foi todo derretido. Não tem nenhum vestígio”, revelou Lene Sensitiva.

Eliza Samudio (Foto: Reprodução)
Eliza Samudio (Foto: Reprodução)

Vítima prestou depoimento

Em depoimento para a polícia, no episódio relatado por Eliza Samudio, Bruno teria obrigado-a a tomar pílulas abortivas e, depois, agredido-a com tapas, enquanto amigos do goleiro que estavam portando armas ajudaram na ação. Ela estava grávida de cinco meses na ocasião. Em junho de 2010, Eliza foi vítima de cárcere privado, estrangulamento e esquartejamento no sítio de Bruno em Minas Gerais. Em depoimento, o goleiro relatou que seus restos mortais foram jogados para cachorros.

Participe agora do grupo do TV FOCO no Telegram e receba tudo sobre BBB - Clique aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Aloizio Júnior

Aloizio Júnior ingressou na faculdade de Direito, mas é encantado por Medicina e hoje em dia é um vestibulando. Falar sobre TV sempre foi um hobby e faz isso desde 2008. Atento sobre todas as novidades no mundo da TV, entrou para a equipe do TV Foco em agosto de 2012.