O QUE ROLOU?!

Leite com formol e PRISÃO: A ordem da ANVISA contra 2 marcas de leite arrancadas às pressas dos mercados

26/05/2024 às 8h40

Por: Lennita Lee
Imagem PreCarregada
2 marcas gigantes de leite foram proibidas pela ANVISA após denúncia (Foto Reprodução/Montagem/Lennita/Tv Foco/Canva/ANVISA

2 marcas de leite famosas tiveram que sair de circulação, após descoberta chocante em alguns lotes

No dia 14 de março de 2014, uma operação da ANVISA retirou de circulação, nos estados do Paraná e São Paulo, alguns lotes de duas marcas de leite famosas.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Telegram

As marcas em questão se tratavam da Parmalat e Líder que na época pertenciam à empresa LBR Lácteos, gigantesca no setor de laticínios.

De acordo com o G1, o fato ocorreu graças às denúncias que acabaram desencadeando em uma operação chamada “Leite Compensado“, cujas quais afetaram oito municípios gaúchos.

Vale dizer que as investigações chegaram a levar à prisão, o proprietário de um posto de resfriamento do município de Condor.

Receba nossas notícias diretamente no seu WhatsApp


Conforme o MP, 300 mil litros de leite adulterado com formol foram enviados a Guaratinguetá, em São Paulo, e Lobato, no Paraná, e colocados à venda.

Veja também

Ainda de acordo com o MP, transportadores faziam a troca de leite de um caminhão para outro, sem nenhuma condição de de higiene.

Os lotes

No dia 18 de março de 2023, a Secretaria de Saúde (Sesa) do Paraná suspendeu a venda dos lotes “Lob 04 D 06:00”, fabricado em 13/02/2014, e “Lob 18 C 04:01”, fabricado em 14/02/2014.

A medida obrigou ainda a LBR, até então detentora da Parmalat e Líder, a retirar de IMEDIATO do mercado todas as embalagens que poderiam ter sido contaminadas.

Porém, no dia 19 de março de 2023, o Ministério Público gaúcho levantou a possibilidade de que o leite suspeito poderia ter sido comercializado também no Rio Grande do Sul.

O órgão foi procurado por um consumidor de Porto Alegre, que teria comprado o produto em um estabelecimento da capital gaúcha.

De acordo com o portal Exame, a rede Wallmart Brasil também suspendeu a venda dos leites das marcas Líder e Parmalat.

Fora isso, o MP gaúcho notificou a LBR para que a empresa divulgue os números de todos os lotes que possam ter sido afetados com o leite suspeito.

Na ocasião, a LBR também informou que possuía um controle de qualidade interno e que submeteu todo o leite recebido pelo posto de resfriamento suspeito a um controle de qualidade e não encontrou nenhum tipo de contaminação.

A empresa também afirmou que possui laudos de órgãos oficiais e particulares que atestam a qualidade do lote recebido.

Mesmo assim, a LBR afirma ter optado por manter o produto estocado e à disposição das autoridades para novas análises.

Posicionamento da empresa:

Porém, segundo o portal G1, a LBR Lácteos, divulgou uma nota no dia 19 de março de 2023, alertando os consumidores sobre os lotes suspeitos de contaminação* por formol, após a investigação mencionada acima fazer as devidas constatações.

(Os lotes eram: Leite UHT integral marca Parmalat – Produzido em Guaratinguetá/SP entre 22h00 de 13/02/2014 e 06h45 de 14/02/2014, comercializado no Estado de São Paulo e Leite UHT integral marca Líder – Produzido em Lobato/PR entre às 05h05 e 07h43 de 13/02/2014, e de 00h00 até 05h25 de 14/03/2014, comercializado no Estado do Paraná)

Ainda de acordo com a LBR, após receber a notificação do MP sobre a possibilidade de contaminação, no início do mês de fevereiro de 2014, a empresa recolheu todas as embalagens que poderiam ter sido afetadas

Mesmo assim, a recomendação dada era de que, se algum consumidor tivesse comprado as embalagens, entrasse em contato imediatamente com o Atendimento ao Consumidor (SAC) pelo telefone 0800-011-2222 ou por e-mail.

Veja o posicionamento na íntegra:

A LBR Lácteos Brasil S/A, em relação às notícias divulgadas pela imprensa sobre a fraude do leite no Estado do Rio Grande do Sul informa que:

1)    O leite cru utilizado para a fabricação de leite UHT das marcas Parmalat e Líder foi submetido a testes pela LBR e analisado por laboratórios credenciados pelo Ministério da Agricultura (MAPA). Todas as 13 análises realizadas, incluindo testes do MAPA, apresentaram resultado NEGATIVO para a presença de formaldeído, não oferecendo, portanto, qualquer risco à saúde e sendo considerados próprios para o consumo.

2)    Em 25/02/2014, a LBR foi comunicada pelo Ministério da Agricultura sobre a possível contaminação de lote de leite cru adquirido de fornecedor no Rio Grande do Sul, em 10/02/2014. Feita a rastreabilidade do produto, a empresa prontamente providenciou, em carácter preventivo, o recolhimento desses lotes junto a seus clientes.

3)    Dado o compromisso da empresa com a qualidade dos seus produtos e o respeito aos consumidores, esclarecemos que os clientes que porventura ainda detiverem os produtos identificados abaixo pela data e pelo lote de fabricação, poderão entrar em contato com nosso Serviço de Atendimento aos Consumidores – SAC, pelo telefone 0800 011 2222 ou pelo e-mail sac@lbr-lacteosbrasil.com.br, para esclarecimento ou solicitação de troca ou devolução de produtos, sem qualquer ônus.

Leite UHT integral marca Parmalat – Produzido em Guaratinguetá/SP entre 22h00 de 13/02/2014 e 06h45 de 14/02/2014, comercializado no Estado de São Paulo.
Leite UHT integral marca Líder – Produzido em Lobato/PR entre às 05h05 e 07h43 de 13/02/2014, e de 00h00 até 05h25 de 14/03/2014, comercializado no Estado do Paraná.

4)    Finalmente, a LBR ressalta seu compromisso com a qualidade de seus produtos e reitera que possui os mais rigorosos padrões de segurança alimentar. Além da análise em 100% da matéria-prima recebida, a empresa realiza análise de todos os lotes de produtos acabados, assegurando que seus consumidores tenham à sua disposição produtos seguros e de altíssima qualidade.

Qual é a situação das marcas Líder e Parmalat atualmente?

De acordo com apurações do TV Foco, baseadas em pesquisas nos principais mercados e sites de e commerce, tanto a Líder como a Parmalat continuam sendo comercializadas, mostrando assim que a situação foi devidamente resolvida.

Parmalat e Líder estão sendo vendidas normalmente nos principais sites de e commerce e mercados (Foto Reprodução/Google Shopping)
Parmalat e Líder estão sendo vendidas normalmente nos principais sites de e commerce e mercados (Foto Reprodução/Google Shopping)

Ambas as marcas também estão ativas nas redes sociais aonde promovem novidades dos produtos e interações com seus consumidores.

Enquanto a Parmalat conta com 12,9 seguidores a Líder conta com 55.519.

Mais sobre as marcas:

Vale destacar que tanto a Líder como a Parmalat não fazem mais parte do grupo LBR desde maio do ano de 2014.

Isso porque, de acordo com informações da Wikipédia, a empresa que já foi considerada a 3º maior do país, vendeu seus ativos para as empresas:

  • Lactalis;
  • ARC Medical Logística;
  • Colorado;
  • Laticínios Bela Vista;
  • Cooperativa do Vale do Rio Doce;
  • Agricoop

Fora isso, de acordo com o portal TDA, o grupo francês Lactalis , cujo qual voltou a controlar a Parmalat S.A, colocou como condição para o negócio com a LBR a rescisão de todos os contratos de uso de marca da Parmalat pela empresa brasileira.

Vale destacar que a LBR ficou com a licença de uso da marca até 2017 no país.

Já os ativos da Líder foram vendidos à ARC Medical Logística, que pertence a Renata da Silveira Fontoura Campos e Raquel da Silveira Fontoura

É bom frisar que tanto a Parmalat como a marca Líder são referência de qualidade e seus produtos são super requisitados entre consumidores

🚨 Ex de Nahim em gu3rra com filha do cantor + Faustão e Fernanda Montenegro esnobam a Globo + Fraude de Matteus 

NOS SIGA NO INSTAGRAM

Logo do TvFoco

TV FOCO

📺 Tudo sobre TV e Famosos que você precisa saber.

@tvfocooficial

SEGUIR AGORA

Autor(a):

Meu nome é Lennita Lee, tenho 32 anos, nasci e cresci em São Paulo. Viajei Brasil afora, e voltei para essa cidade, afim de recomeçar a minha vida. Sou formada em moda pela instituição "Anhembi Morumbi" e sempre gostei de escrever. Minha maior paixão sempre foi a dramaturgia e os bastidores das principais emissoras brasileiras. Também sou viciada em grandes produções latino americanas e mundiais. A arte é o que me move ... Atualmente escrevo notícias sobre os últimos acontecimentos do cenário econômico, bem como novidades sobre os principais benefícios e programas sociais.

Utilizamos cookies como explicado em nossa Política de Privacidade, ao continuar em nosso site você aceita tais condições.