Celebridades Geisy Arruda

Geisy Arruda se torna ninfeta com direito a sexo no cemitério, orgia com vários homens e orgasmos múltiplos

Geisy Arruda, ousada como sempre, revelou a sua posição favorita na hora do sexo (Fotos: Cauê Garcia / CG Comunicação)
Geisy Arruda, ousada como sempre, revelou a sua posição favorita na hora do sexo (Fotos: Cauê Garcia / CG Comunicação)

Sem papas na língua ou censura, Geisy Arruda revela nos mínimos detalhes todas as experiências e desejos sexuais vividos ou sonhados em seu mais novo livro ‘O Prazer da Vingança’

Geisy Arruda ou Gisele? Quem é quem? Ainda em fase de lançamento de seu primeiro livro erótico, a digital influencer se apropriou de uma personagem para narrar em seus contos algumas experiências sexuais que ela mesma vivenciou. Sem objetivar escrever uma biografia sobre sua vida, a autora mesclou fatos reais com ficção em seu e-book ‘O Prazer da Vingança’.

Na jornada literária da protagonista, uma professora da rede pública descobre ter sido traída pelo marido e também único homem com que havia transado até então. Na narrativa, toda escrita em primeira pessoa, Gisele inicia um plano de vingança que consiste em uma sequência picante de descobertas sexuais.

O primeiro passo de Gisele, em sua vingança sexual, foi se masturbar no chuveiro. Daí em diante, a literatura de Geisy Arruda vai ficando cada vez mais picante: transar com vizinho sarado, orgia com mais de três homens, sexo lésbico e muitas outras fantasias eróticas que fazer parte da aventura da protagonista. A seguir, conheça um pouco mais sobre Gisele, ou, por que não, de Geisy Arruda, em O Prazer da Vingança

Amarras do Prazer

Todas as ilustrações do livro têm como modelo a própria autora, Geisy Arruda, que realizou diferentes ensaios picantes para ilustrar o livro. No mais polêmico deles, a digital influencer aparece só com roupas intimas amarrada; os registros foram feitos para ilustrarem o conto ‘Amarras do Prazer’.

Entretanto, quando Geisy Arruda compartilhou as imagens em suas redes sociais, ela acabou perdendo mais de 10 mil seguidores, que teriam se impressionado com o “conteúdo forte”. A digital influencer ficou um tanto quanto frustrada e revoltada com tal atitude.

Ainda no conto, o décimo do livro, Gisele aceita o convite para aventurar-se e ser modelo de uma cena de Shibari, uma técnica sado masoquista, e vai até o estúdio acompanhada de um amigo. Na história, a personagem é amordaçada e tem seus olhos vendados, sem ver nada, ela se entrega ao parceiro sexual, ao qual ela chama de seu dono.

A experiência de Shibari, a técnica sado masoquista, foi descrita por Gisele, ou Geisy Arruda, como um compilado de submissão, medo e coragem. Ao fim do ato, quando ainda estava sendo desamarrada, tem um verdadeiro ápice de prazer repleto de orgasmos múltiplos.

“A mordaça não me permitia dizer nada, porém, com tanto prazer e tesão explodindo dentro de mim, gemer era o que melhor expressava as minhas sensações”, diz Gisele em um dos trechos mais leves do conto ‘Amarras do Prazer’.

Cemitério do Sexo

Ao longo de sua experiência toda detalhada em ‘O Prazer da Vingança’, Gisele vive um dos atos sexuais mais excêntricos praticado em um cemitério, mais precisamente no velório de seu avô. Na história, a personagem reencontra um primo que não via desde sua infância, o reencontro acontece quando a personagem acaba deixado cair o terço do rapaz, um moço de corpo másculo e braços enormes.

Com o interesse desperto, Gisele e o primo dão a desculpa esfarrapada de irem até a padaria, no entanto, os dois praticam sexo oral no carro até serem interrompidos pela ligação da tia. De volta ao velório, eles buscam por um lugar para terminar o que haviam começado: em frente ao mausoléu (tumba grandiosa, normalmente construída para uma figura importante).

No trecho em que a personagem de Geisy Arruda relata sua experiência de sexo no cemitério ela confessa: “O receio de chegar o coveiro ou até mesmo um convidado do velório tornava cada bombada o pecado mais gostoso que eu já havia experimentado”.

Geisy Arruda incendeia de lingerie reveladora (Foto: Reprodução)

Orgia no Motel

No conto ‘1 é pouco, 2 é bom, 3 é demais’, a fantasia de ir para a cama com mais de um homem ao mesmo tempo se torna uma realidade para Gisele. A personagem de Geisy Arruda se envolve com três rapazes e a noite acaba em um quarto de motel, onde a pegação é tão quente que sai fora do controle. Na narração, a professora diz: “Em um rodízio de vadia, eu era o prato principal”.

Geisy Arruda recebeu aulas de como dominar (Reprodução/Twitter)

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Thainá Rambaldo

Formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo, trabalho na área há cinco anos e tenho experiência em TV, rádio, agência de publicidade, redação, atendimento, assessoria de imprensa, planejamento de mídias digitais, apresentação, edição de vídeo e imagem.

No TV Foco escrevo sobre TV e Famosos, faço críticas e o balanço do dia das audiências prévias da televisão.