Globo

Globo

Globo apela e escala fenômeno de 100 milhões aos domingos após baixar as calças para Record e SBT

Globo vai apostar em novo fenômeno contra Record e SBT
Globo vai apostar em novo fenômeno contra Record e SBT -Foto: Montagem

Com o futebol nos canais rivais, a emissora carioca apostará todas as suas fichas no The Masked Singer

Sem competições esportivas nos dois primeiros meses de 2022, a Globo apelou para o seu fenômeno mais recente, o The Masked Singer, que será transferido para os domingos a partir do dia 23.

Depois de perder campeonatos como o Paulistão e o Cariocão para a Record e a Libertadores para o SBT, a Globo foi obrigada a apostar no programa de entretimento para competir à altura dos eventos esportivos.

Em sua primeira temporada, o reality bateu de frente com partidas da Copa Libertadores, transmitidas pelo canal de Silvio Santos e manteve a liderança para a Globo.

Agora, Ivete Sangalo e companhia vão disputar contra a Record, que exibirá os jogos dos dois principais campeonatos estaduais no Rio de Janeiro e em São Paulo.

Para a segunda temporada, além do novo dia do The Masked Singer, o programa de Ivete Sangalo receberá novos integrantes como Tatá Werneck e Priscila Alcântara, vencedora da primeira edição.

Veja também

FENÔMENO DE AUDIÊNCIAS, O PROGRAMA DE IVETE TAMBÉM FATURA ALTO NA GLOBO

Outro “reforço”, serão as cotas milionárias de patrocínio que serão comercializadas, ao todo, de acordo com o site Meio e Mensagem, a Globo poderá faturar até 100 milhões de reais.

Ivete Sangalo no The Masked SInger
Ivete Sangalo no The Masked Singer -Divulgação: Globo

São 6 cotas de patrocínio, dividas em três categorias: Anfitrião, Vip e Superfã.

A mais complexa, a Cota Anfitrião oferece a mais ampla exibição para os patrocinadores, prometendo destaque na TV Globo e nas plataformas digitais. Além de conteúdos para o Encontro e o É De Casa.

Por cada pacote Anfitrião a Globo pede a quantia de R$ 25,7 milhões.

Já no Vip, as empresas interessadas terão intervalos comerciais exclusivos, porém em quantidade menor do que a Cota Anfitrião, por “apenas”, R$ 19,9 milhões.

Já a mais “simples”, a cota Superfã envolve principalmente comerciais de 30 segundos nos intervalos do The Masked Singer, pela bagatela de R$ 8,2 milhões.

Sendo assim, caso tenha êxito na venda de todos os 6 espaços, o The Masked Singer pode render mais de R$ 107 milhões aos cofres da Globo.

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Assuntos

GloboRecordSBT

Quem escreve

Erick Martins

Recém formado em jornalismo, costumo escrever sobre programação de TV, esportes, bastidores e tudo que engloba o mundo dos famosos de maneira leve e direta.

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários