Novelas

Éramos SeisGloboNovelas

Globo quer tirar Jussara Freire da Record para o remake da novela Éramos Seis

Jussara Freire em cena da novela Apocalipse. (Foto: Reprodução/Record)
Atores escalados para a nova novela da Globo, Éramos Seis. (Foto: Reprodução)

A Globo quer porque quer a atriz Jussara Freire no remake de Éramos Seis, que tem estreia prevista para o primeiro semestre do ano que vem. Jussara é contratada da Record e tem batido ponto na dramaturgia da emissora desde 2006. Ela já esteve em oito produções do canal paulista.

A Hora da Venenosa vence a Sessão da Tarde e consolida o primeiro lugar isolado em SP

Regina Volpato quebra o silêncio e fala sobre suposta rixa com colega de programa

De acordo com informações da jornalista Cristina Padiglione, do jornal Agora São Paulo, ela é cotada para viver a personagem Genú, que foi vivida por Jandira Martini na versão do SBT em 1994. Vale lembrar que Jussara esteve no elenco das duas primeiras exibições da novela, em 1977 e 1994, ambos com personagens diferentes.

Jussara Freire em cena da novela Apocalipse. (Foto: Reprodução/Record)

Glória Pires foi escolhida para viver a Dona Lola, a protagonista. A emissora vem adiantando os trabalhos de pré-produção já definiu o diretor artístico da trama: Carlos Araújo, que retomará a parceria com Ângela Chaves, que será autora do remake.

Veja também

MAIS SOBRE A NOVELA

Fábio Assunção acaba de ser definido para viver um dos personagens principais da trama. Ele será Almeida, amigo de Júlio (Cássio Gabus Mendes). Na versão do SBT o personagem de Fábio foi interpretado pelo ator Paulo Figueiredo.

Caio Junqueira e Barbara Paz sofrem acidentes horríveis, vivem dores insuportáveis e ganham força inacreditável

A novela ainda deve contar com Cleo como Isabel, uma das filhas da protagonista. Nicette Bruno e Irene Ravache também estão confirmadas no elenco da trama.

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários