Globo

GloboNovelas

Globo terá primeira mocinha evangélica na nova novela das nove

tatá

A comediante Tatá Werneck pode ser a escolhida para o papel – Foto: Divulgação

A Globo pode ter a sua primeira mocinha evangélica. É o que diz uma publicação do jornal “Folha de São Paulo”. A próxima novela das nove, sem título definido, promete ser uma atração recheada de polêmicas e surpresas, já que a trama também envolverá  temas sobre adoção gay.

A personagem se chamará Waldirene, uma moça pobre que incentivada pela mãe, fará qualquer coisa para se dar bem na vida. Ela tentará engravidar de jogadores de futebol e de pagodeiros famosos. Sem sucesso, a moça encontrará o caminho quando se converter numa igreja evangélica. Essa conversão mudará a vida da personagem, que pode transformá-la em uma famosa cantora gospel.

Divertida, Waldirene será vivida por uma comediante. Ingrid Guimarães e Daniele Valente chegaram a ser cotadas para o papel, mas segundo informações, Tatá Werneck, ex-MTV, é forte candidata à vaga. Mesmo investindo na comédia, Walcyr Carrasco, não quer fazer deboches sobre o assunto. O autor pretende mostrar que a descoberta de uma religião pode levar à concepção correta de felicidade.

Veja também

Já não é novidade para ninguém que a Globo está querendo se aproximar do público evangélico, a emissora carioca pretende aumentar a retratação da religião em suas tramas. O folhetim de Walcyr Carrasco deve estrear em junho substituindo a trama tão criticada pelos evangélicos, “Salve Jorge”.

VÍDEO YOUTUBE: Eliana quebra o silêncio de IDA a Globo + Karina Bacchi sem noção humilhada

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários