Luciana Gimenez

“Eu me sinto humilhada, diminuída e tenho vergonha”, diz Luciana Gimenez ao assumir e passar noites chorando

Luciana Gimenez (Reprodução)
Luciana Gimenez (Reprodução)

Apresentadora abre o jogo sobre ataques que sofreu

Luciana Gimenez é mais uma das milhões de mulheres que são atacadas fisicamente e psicologicamente por homens machistas da sociedade. Para quem não sabe, recentemente, a apresentadora foi atacada pelo senador Jorge Kajuru durante uma entrevista para Antônia Fontenelle, que ocorreu em março deste ano.

A apresentadora entrou com queixa-crime contra o senador Jorge Kajuru aceita pela ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF). A queixa apresentada pelo advogado Guimarães Dias, indica a prática dos crimes de injúria e difamação praticadas pelo político durante a entrevista.

Kajuru detpna Luciana Gimenez em entrevista (Foto: Reprodução)
Kajuru detpna Luciana Gimenez em entrevista (Foto: Reprodução)

ABRE O JOGO SOBRE ASSUNTO

Durante uma entrevista para Fábia Oliveira, do Portal “O Dia”, Luciana Gimenez abriu o jogo sobre as consequências dos ataques, principalmente em relação ao seus dois filhos, Lucas e Lorenzo. Além disso, a artista afirmou que usará tal situação para ajudar mulheres a não se calarem diante de abusos psicológicos.

“Eu me sinto humilhada, diminuída e tenho vergonha dos meus filhos lerem essas inverdades nas redes sociais. Acho que estou no meu limite. Não é de hoje que sofro ataques como ser humano. Já fui chamada de burra, interesseira e as mais recentes onde minha honra mais uma vez é questionada”, começou a apresentadora, que continuou:

“Eu sempre finjo que nada está acontecendo e vou guardando cada lágrima e cada sentimento ruim dentro de mim. Mas agora chega, não vou mais permitir que ninguém mais faça isso comigo e se puder impedir que outras mulheres passem por isso, melhor ainda. Quero trazer informações contra abusadores psicológicos”, concluiu Luciana Gimenez.

NÃO DEVEMOS NOS CALAR

Luciana Gimenez ressaltou que a sociedade continua se calando para assuntos como esse. “Estamos evoluindo, mas ainda é difícil identificar, mesmo com muitos indícios, porque a sociedade normalizou algumas situações. A desinformação é o maior inimigo das pessoas que são abusadas psicologicamente, precisamos saber e falar mais sobre o assunto. Ofender uma pessoa com um xingamento argumentando que é nada demais ou só uma “brincadeira”, é um abuso psicológico”, contou ela.

A artista ainda revelou que já passou muitas noites em claro devido a ataques que sofreu: “Por inúmeras vezes nos últimos tempos voltou a acontecer algo que sempre ocorre quando os ataques acontecem e não sei te dizer quantas vezes passo noites em claro chorando, é um pesadelo! Cheguei ao meu limite. Vi que minhas opções eram sucumbir ou lutar para que as coisas mudem e é isso que resolvi fazer. Quero trazer o assunto à luz”.

CASO POLÊMICO SOBRE APRESENTADORA

Para quem não se lembra, Luciana Gimenez foi atacada pelo senador Jorge Kajuru durante uma entrevista em que ele se referiu a artista como  “mulher de programa” e “desqualificada, que virou o que virou por 30 segundos com o Mick Jagger”. Vale ressaltar que o dono da RedeTV, Marcelo de Carvalho, saiu em defesa da apresentadora após o ataque. 

Jorge Kajuru x Luciana Gimenez.
Luciana Gimenez e Jorge Kajuru (Reprodução)

Participe agora do grupo do TV FOCO no Telegram e receba tudo sobre BBB - Clique aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Giovana Mori