Celebridades Globo Isis Valverde TV Foco

Isis Valverde faz relato envolvendo morte da avó e acidente que quase a deixou paraplégica

Isis Valverde no lançamento de seu primeiro livro Camélias em Mim. Foto: Rogerio Fidalgo/AgNews
Isis Valverde no lançamento de seu primeiro livro Camélias em Mim. Foto: Rogerio Fidalgo/AgNews

A atriz da Globo lançou seu primeiro livro de contos Camélias em Mim, no Rio de Janeiro, e rememorou momentos que a inspiraram a escrever

A atriz da Globo e também escritora Isis Valverde não conseguiu conter as lágrimas ao relembrar histórias do seu passado no lançamento de seu primeiro livro de poemas, intitulado ‘Camélias em Mim‘. O lançamento aconteceu na noite de ontem, terça-feira, 17, na Livraria da Travessa, no Rio de Janeiro.

A obra foi uma homenagem à sua falecida avó materna, Maria Nilce Senador, que tinha em sua casa um belo jardim, onde a atriz nasceu e passou boa parte de sua infância.

Ao rememorar trechos dedicados à avó e também a casa, localizada em Aiuruoca, interior de Minas Gerais, Isis Valverde não conseguiu esconder a emoção. “Fiquei dois anos sem entrar na casa dela depois que ela faleceu, porque eu não tinha coragem, passava mal mesmo de tanto chorar. Foi horrível. Quando entrei, estava tudo destruído, todas as plantas mortas. A única viva era o seu pé de camélias brancas, exatamente como a da capa do livro. Chorei meia hora e escrevi o texto dedicado a ela”.

Outro drama que inspirou Isis Valverde na composição de sua obra foi o drama vivido por ela em 2014, quando sofreu um grave acidente de carro, no Rio de Janeiro, e fraturou a coluna cervical. A atriz estava dormindo no banco de trás do veículo e lhe custou um bom tempo para se recuperar.

Este fatídico episódio também foi comentado pela atriz no lançamento do livro Camélias em Mim. Com os olhos cheios de lágrimas, Isis Valverde desabafou sobre o baque que quase lhe tirou os movimentos das pernas.

“Foi um baque muito grande na minha vida, porque eu achei que não me recuperaria mais. O médico falou para mim: ‘agradeça a alguém que você acredita porque eu não sei como é que você está aqui bem’. Só que eu estava super emocionada. Fiquei mexida com aquilo. Mexeu muito com a minha cabeça. Os 100 dias que fiquei usando o colar cervical no pescoço fui para Aiuruoca e lá comecei a editar os textos”, disse a atriz da Globo durante o lançamento de seu primeiro livro de poemas.

Além de atriz, Isis Valverde mantinha outro talento “escondido” entre seus dotes: a morena escreve desde os 12 anos de idade, mas em seu livro, optou por publicar apenas os concebidos a partir dos 20. Orgulhosa do resultado, a estrela da Globo revela que recebeu o incentivo de diversos colegas famosos para reunir seus contos em uma obra.

“Eu amo escrever e sempre lia o que escrevia nos bastidores das novelas que gravei. Já mostrei para Tony Ramos, Eliane Giardine… E aí as pessoas começaram a me fazer essa pergunta mágica: por que você não lança um livro. E eu: não! Tá louco? E começaram nessa insistência. Até que eu falei: cara, eu acho que vou me dar essa chance”, revela Isis Valverde.

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Redação TV Foco