Celebridades

Celebridades

Lázaro Ramos expõe cenas quentes de Taís Araújo, comenta sobre nova super produção e detalha: ‘Dá desespero’

Lázaro Ramos ao lado de Taís Araújo (Foto: Divulgação)
Lázaro Ramos ao lado de Taís Araújo (Foto: Divulgação)

Diretor do filme ‘Medida Provisória’, Lázaro Ramos dirigiu cenas quentes da esposa Taís Araújo

Lázaro Ramos participou na última segunda-feira (10), do programa Roda Viva, da TV Cultura, onde ele falou sobre carreira, casamento com Taís Araújo e sobre seu mais novo filme, o ‘Medida Provisória’.

Um dos momentos mais engraçados da entrevista com Lázaro Ramos, foi ele comentando sobre as cenas românticas que Taís Araújo interpreta no filme.

Taís Araújo
Taís Araújo e Alfred Enoch no filme ‘Medida Provisória’, de Lázaro Ramos (Foto: Mariana Vianna)

+Após fechar elenco de Power Couple, Record vai atrás de barraqueiras para compôr o ‘Ilha Record’

“Fiquei morto de ciúmes. Fiquei, mesmo. Geralmente eu não tenho, não sei o que aconteceu, mas eu estava muito envolvido no filme”, disse ele, com direito à reação em tempo real de Tais, que acompanhou a entrevista na bancada do programa.

O filme estreia em todo o Brasil nesta quinta-feira (14), e Lázaro Ramos falou sobre dividir o pessoal do profissional: “Mas é estranho, é esquisito. ‘Beija mais, repete’. Dá desespero quando erra a cena [risos]. Tive que aprender, conversei [com ela], ó que mico!”.

Veja também

+Anitta revela que transaria com cachorro e é detonada nas redes sociais 

Na trama, Taís Araújo interpreta a médica Capitu, casada com o advogado Antônio, interpretado pelo ator Alfred Enoch.

INTENÇÃO DO FILME

Medida provisória, dirigido por Lázaro Ramos, é um filme que mostra um futuro distópico, em que o governo brasileiro cria um MP para reparar o passado escravocrata, obrigando a população negra a migrara para a África para voltar as origens.

Lázaro comentou também sobre as mudanças de tema do filme durante os anos até o cenário atual da política brasileira: “Era um filme pra pensar em coisas que não gostaríamos de ver em nosso país, que se tornasse um alerta. O tempo passou, várias coisas aconteceram e o filme se tornou um espelho, com os caminhos políticos que a gente escolheu, as perversidades que aconteceram ao longo do tempo. É muito triste: eu não queria fazer um filme que fosse um espelho, mas que fosse um alerta”.

VÍDEO YOUTUBE: Urgente: WILLIAM Bonner se DEMITE da Globo + Juliette pisada e TRAÍDA + Morte brutal em PANTANAL

Quem escreve

Bruno Zanchetta

O Jornalismo é a minha vida e está presente nas 24 horas do meu dia. Quando você consome uma informação e se preocupa que ela seja verídica, isso é jornalismo, quando você compartilha uma informação verdadeira, é jornalismo, quando você ensina sobre políticas sociais e consciência de classe, jornalismo. Eu particularmente sou um completo apaixonado por Jornalismo Esportivo, sou narrador e quem sabe um dia vocês ouvirão minha voz na sua televisão ou no seu rádio.

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários