Celebridades Internacional

Leonardo DiCaprio rebate Bolsonaro e responde acusações do presidente sobre os incêndios na Amazônia

Leonardo DiCaprio responde Bolsonaro depois de acusações sobre os incêndios na Amazônia (Foto: Reprodução)
Leonardo DiCaprio responde Bolsonaro depois de acusações sobre incêndios na Amazônia (Foto: Reprodução)

O ator respondeu as acusações do presidente e disse que mesmo merecendo apoio, ele não financiou as organizações ambientais

O presidente brasileiro Jair Bolsonaro, disse na última sexta-feira (29), sem apresentar qualquer evidência, que o ator Leonardo DiCaprio financiou as queimadas que aconteceram na Amazônia. A declaração dele gerou muita polêmica tanto no Brasil, como também repercutiu em território internacional.

Em meio a essas acusações, o ator e ativista ambiental respondeu o presidente brasileiro e negou ter financiado ONGs investigadas por suposto envolvimento nos incêndios e ainda elogiou o trabalho das organizações.

“Apesar de merecerem apoio, nós não financiamos as organizações”, declarou o ator. O astro ainda fez muitos elogios aos brasileiros que trabalham para tentar “salvar sua herança cultural e natural”.

A ONG Earth Alliance, organização essa que Leonardo DiCaprio é fundador, prometeu doar US$ 5 milhões para a proteção da Amazônia depois das queimadas deste ano.

As acusações de Bolsonaro tiveram início durante uma live no Facebook na quinta-feira (28), onde ele endossou os ataques do filho Eduardo contra Leonardo DiCaprio, a quem colocou a culpa pelos incêndios que ocorreram na Amazônia.

O presidente ironizou as doações que o ator fez para a ONG WWF-Brasil, que de acordo com ele, seria a responsável pelos incêndios criminosos na Amazônia.

“Uma ONG ali pagou R$ 70 mil por uma foto fabricada de queimada. O que é mais fácil? ‘Toca’ fogo no mato. Tira foto, filma, manda para a ONG, a ONG divulga, entra em contato com o Leonardo DiCaprio e o Leonardo DiCaprio doa US$ 500 mil para essa ONG. Leonardo DiCaprio, você está colaborando com as queimadas na Amazônia”, declarou Bolsonaro.

Mesmo sem nenhuma prova concreta, Bolsonaro citou a prisão preventiva dos quatro brigadistas da organização de Alter do Chão do Pará, que foram acusados de comandar as queimadas no mês de setembro.

Bolsonaro foi além, e pediu aos seus seguidores que eles não façam doações as ONG’s. “Não doe dinheiro para ONG, acabe com essa história. Não estão lá para preservar o meio ambiente, estão lá em causa própria. Estava circulando uma foto dos quatro ongueiros parece que é verdadeiro, não tenho certeza. Os caras vivendo em luxúria de fazer inveja para qualquer trilionário e ganhando a vida como? Tacando fogo na Amazônia! Grande jogada. Taca fogo na Amazônia, divulga as imagens e ganha um dinheirinho do Leonardo DiCaprio. Ô DiCaprio pisou na bola, hein? Pelo amor de Deus”, disse o presidente.

O ataque contra o ator e ativista Leonardo DiCaprio, aconteceu no mesmo dia em que o filho do comandante brasileiro acusou por meio de suas redes sociais o astro de ter doado US$ 300.000 para a ONG que tocou fogo na Amazônia.

TV Foco no Youtube

TV Foco no Youtube

Podcast TV Foco

Sobre o autor

Kelves Araújo

Kelves Araújo, cearense, é redator do TV Foco desde 2019, responsável por cobrir o mundo das celebridades internacionais no site.

ANÚNCIO

Conheça nosso Podcast

ANÚNCIO