William Bonner

Lula parte pra cima da Globo e explode com o que William Bonner diz na bancada do JN: “Eu não acreditei no que vi”

Lula
Lula citou William Bonner e a Globo em seu pronunciamento (Foto: Ricardo Stuckert/ Reprodução)

O ex-presidente realizou um pronunciamento e deu sua opinião sobre o telejornal da Globo

Luís Inácio Lula da Silva, o Lula (PT) realizou um pronunciamento bombástico na manhã desta quarta-feira, dia 10 de março. O ex-presidente, que recuperou seus direitos políticos nesta última segunda-feira (08) citou diretamente o Jornal Nacional da Globo, William Bonner e revelou sua impressões sobre o jornalismo da emissora carioca.

Lula realizou seu discurso no sindicato dos metalúrgicos em São Bernardo do Campo, em São Paulo e reiterou que foi condenado injustamente pelo juiz Sérgio Moro. O político também partiu pra cima da Globo e relembrou do destaque que as acusações receberam do principal telejornal da emissora, o Jornal Nacional, comandado por William Bonner e Renata Vasconcellos.

“Quem não se lembra que o principal jornal do país [JN] reservou 20 ou 30 minutos pra falar, sem nenhuma prova, que eu era um criminoso. Foram contra o Lula sem documentos que provassem alguma. Afinal de contas um velho mecânico sem dedo já tinha passado dos limites e eles pensaram: ‘É preciso evitar que esse cidadão volte a comandar o pais'”, iniciou o ex-governante.

Lula também ressaltou a edição da última terça-feira (09) do Jornal Nacional, que dedicou boa parte do noticiário para a fala do ministro Gilmar Mendes, que votou contra as condenações do ex-presidente na operação Lava Jato.

“Tivemos um Jornal Nacional épico quem assistiu a televisão ontem…Eu não acreditei no que vi. Pela primeira vez a verdade prevaleceu, dita não por alguém do PT, mas sim por ministros do STF. Fiquei feliz com a verdade, porque é pra isso que serve os meios de comunicação”, revelou.

Lula
Lula durante um pronunciamento no sindicato dos metalúrgicos (Foto: Reprodução)

“Jornalista não existe pra sair pra rua pra cumprir as ordens do editor, sempre disse que o jornalista sai pra rua pra dizer a verdade nua e crua, pode ser contra o PT ou o PSDB. Nós precisamos de uma imprensa livre! Sem ideologia. Vocês jornalistas precisam ser livres, precisam escrever o que vocês veem e não o que editor quer que você escreva”, continuou.

“Espero que a verdade dita pela Globo ontem seja a que continue prevalecendo no Jornal Nacional. A globo não tem que gostar ou não gostar do presidente, mas na hora de informar ela tem que informar a verdade.”, concluiu Lula.

PRONUNCIAMENTO DE WILLIAM BONNER

Como dito por Lula, na última edição do Jornal Nacional, o ministro Gilmar Mendes teve sua fala reproduzida quase na íntegra, onde citou a imprensa como uma das responsáveis pela condenação pública do ex-presidente.

Foi aí que William Bonner interrompeu a matéria e ressaltou o posicionamento do jornalismo da Globo: “Em relação ao jornalismo da Globo, é preciso dizer que aqui nós nos dedicamos a registrar os fatos, com as suas repercussões e seus desdobramentos, como estamos fazendo agora na cobertura do julgamento da suspensão do ex-juiz Sérgio Moro”, afirmou Bonner, sem citar diretamente o ministro.

Participe agora do grupo do TV FOCO no Telegram e receba tudo sobre BBB - Clique aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Erick Martins